Os resultados dos jogos de ida deixaram claro que Benfica e PSV decidirão a vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. O PSV não teve dificuldade para fazer 3 x 0 no Midtjylland, da Dinamarca, terça (3), em seu belo estádio de Eindhoven, no Sul da Holanda, assim como o Benfica para vencer por 2 x 0 o Spartak, ontem (4), na Arena Otkyrtie, em Moscou, nos jogos de ida da terceira fase eliminatória da Champions 2021-2022.

BOA EXIBIÇÃO – O Benfica realizou boa exibição e mereceu vitória até mais ampla sobre o Spartak, mas o goleiro Maksimenko impediu com grandes defesas no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o meia Rafa Silva, de 28 anos, titular da seleção portuguesa, fez o primeiro gol logo aos cinco minutos, com assistência de João Mario. O segundo gol foi do lateral Gilberto, que aproveitou bem o lançamento longo do zagueiro Lucas Veríssimo, ex-Santos. Carioca de 28 anos, Gilberto foi comprado do Fluminense em janeiro de 2021. Ele substituiu o volante Diogo Gonçalves aos 20 do segundo tempo e marcou o primeiro gol em 14 jogos com a camisa encarnada do Benfica.

CEBOLINHA – Dos cinco brasileiros relacionados pelo técnico Jorge Jesus, só o lateral Gilberto, que ele indicou ao Benfica ao vê-lo em um Fla-Flu, em 2019, quando dirigia o Flamengo, e o meia Everton Cebolinha, comprado do Grêmio, participaram da vitória sobre o Spartak. O goleiro Helton Leite ficou na reserva do grego Vlachodimos, enquanto os atacantes Carlos Vinicius, que está nos planos do Grêmio, e Rodrigo Pinho, em sua primeira temporada no clube, não saíram do banco de reservas.

ARTILHEIRO – O suíço Haris Seferovic, de 29 anos, artilheiro da equipe, sentiu o músculo adutor da coxa direita e teve sair aos 37 minutos do primeiro tempo. O jovem atacante Gonçalo Ramos, de 20 anos, revelado no Olhanense, substituiu Seferovic e deixou os torcedores do Benfica, que viram o jogo na televisão, muito empolgados. Uma de suas jogadas, passando entre três marcadores levou o jornal O Jogo a compará-lo a Messi.

VLACHODIMOS, Lucas Veríssimo, Otamendi e Vertonghen; Diogo Gonçalves (Gilberto), João Mario, Weigl e Grimaldo (Gil Dias); Pizzi (Everton Cebolinha), Seferovic (Gonçalo Ramos) e Rafa Silva (Adel Taarabt) – o Benfica, do técnico Jorge Jesus, que estreia na Primeira Liga, como é tratado o Campeonato Português, depois de amanhã (7) com o Moreirense. O campeonato será aberto amanhã (6) com o Sporting, campeão de 2020-21, recebendo o estreante FC de Vizela, no estádio José Alvalade, em Lisboa. 

Foto: Sapo Desporto