Na volta do técnico Jorge Jesus, de 66 anos, e na estreia de Everton, ex-Grêmio, e Pedrinho, ex-Corinthians, o Benfica foi eliminado (2 x 1) na fase preliminar da Liga dos Campeões pelo PAOK, da Grécia, na noite de hoje (15), e só vai disputar a Liga Europa, uma espécie de Série B dos torneios europeus. O jogo foi no estádio Toumba, em Salônica, com capacidade para só 5.600 torcedores, que ficaram de fora, e o Benfica sofreu os gols em 12 minutos, só conseguindo descontar nos acréscimos. PAOK ou Krasnodar, da Rússia, disputará pela primeira vez a fase de grupos da Champions.

EQUILIBRADO – Cada time dominou um tempo do jogo em que o árbitro alemão Felix Brych, de 45 anos, advogado em Munique, não utilizou cartões, mas o PAOK foi mais objetivo no segundo tempo e fez os dois gols em doze minutos. O primeiro, aos 18, foi contra, do zagueiro belga Jan Vertonghen, ao tentar impedir a finalização de Giannoulis, e o segundo, aos 30, do atacante sérvio Andrija Zivkovic. Aos 48, o meia português Rafa Silva marcou de cabeça o gol do Benfica, após cruzamento de André Almeida.

ABEL FERREIRA, de 41 anos, natural de Penafiel, ex-lateral do Braga e do Sporting, é técnico do PAOK desde 2018, quando o time alvinegro ganhou o terceiro título de campeão grego, após as conquistas de 1976 e 1985O clube pagou a multa de 2.500 mil euros para que rescindisse o contrato com o Sporting de Braga. Bom dizer: PAOK é abreviatura de Panthesslonikeios Athlitikos Omilos Konstantinoupoliton, da cidade de Salônica, a segunda maior da Grécia, distante 502 km da capital Atenas.

ESTREANTES – Mesmo sem jogar bem, o único estreante com sorte foi o atacante sérvio Andrija Zivkovic, de 24 anos, decepcionante no Benfica, com apenas 4 gols em 85 jogos, entre 2016 e 2020. Além do técnico Jorge Jesus, que voltou após 5 anos e foi eliminado logo na estreia, o Benfica não viu grande atuação de Everton, ex-Grêmio, e Pedrinho, ex-Corinthians, cada um com duas finalizações sem perigo. Jesus disse apenas: Vamos aproveitar boas lições e melhorar após essa derrota.

BOM ALUNO – Abel Ferreira, técnico do PAOK, foi jogador de Jorge Jesus, técnico do Benfica, em 14 jogos, entre 2003-2004, no Sporting de Braga. O bom aluno aprendeu bem as lições e impôs ao mestre, além da eliminação da fase de grupos da Champions, a sétima derrota do Benfica em torneios internacionais, sem contar que o Benfica sofreu gol nos últimos 17 jogos fora de Lisboa. Os dirigentes do clube grego tentam antecipar a renovação do contrato do técnico português de 41 anos.

BRASILEIROS – Everton, ex-Grêmio, foi mantido até o final, mas Pedrinho, ex-Corinthians, saiu aos 23 do segundo tempo, para a entrada do atacante uruguaio Darwin Nuñez, de 21 anos, compra mais cara do Benfica nesta temporada, por 25 milhões de euros (R$160 milhões). Ele estava em times da segunda divisão da Espanha e foi comprado do Alarcon pelo Almeria. Pela primeira vez, o Benfica colocou na reserva o goleiro mineiro Helton Leite, de 29 anos, ex-Botafogo, recém comprado do Boavista.

CAMPEONATO – Na volta a Lisboa, após não conseguir vaga na fase de grupos da Champions, o Benfica reinicia os treinos para o Campeonato Português, em que tentará recuperar o título perdido para o arquirrival FC Porto. Vice-campeão em 2019-2020, o Benfica inicia a temporada 2020-2021 jogando fora de casa com o Famalicão, enquanto o Porto estreará como mandante, no estádio do Dragão, com o Braga. Os jogos serão no penúltimo domingo (20) de setembro.

Fotos: Uol, Lusa, Record, REUTERS/Alexandros Avramidis), A Bola