O Benfica levou o susto logo no início com o gol do atacante Fabio Sturgeon, de 25 anos, português com nacionalidade inglesa, mas ainda no primeiro tempo fez a virada sobre o lanterna Feirense, com os gols do meia-atacante português Pizzi, de 29 anos, e do lateral direito André Almeida, lisboeta de 28 anos. Na volta do intervalo, o suíço Haris Seferovic, atacante de 27 anos, marcou dois gols e deu a tranquilidade definitiva ao time do técnico Bruno Lage.

BENFICA e PORTO estão iguais em pontos (69), vitórias (22), empates e derrotas (3), mas o ataque do Benfica é disparado o mais positivo, com 77 gols em 28 jogos – média de 2.75 gols por jogo – e o do Porto marcou 58 gols, média de 2.07 gols por jogo. O Porto, do técnico Sergio Conceição, tem a defesa menos vazada (17) e a do Benfica sofreu 24 gols. O saldo de gols do Benfica é de 53 e o do Porto de 41. Bom dizer: no Campeonato Português vale o confronto direto para desempate e o Benfica é líder porque venceu o Porto no turno e no returno. Faltam seis rodadas.

REBAIXAMENTO – O Clube Desportivo de Tondela sofreu a décima sétima derrota em 28 jogos, com apenas duas vitórias e nove empates. Último com 15 pontos e saldo negativo de 33 gols, com 17 marcados e 50 sofridos, o Tondela dificilmente escapará do rebaixamento, voltando à segunda divisão portuguesa na temporada 2019-20. Tondela fica no distrito de Viseu, na província da Beira Alta. 

Foto: Dnotícias.pt