O SORTEIO DOS JOGOS DAS OITAVAS DE FINAL da Liga dos Campeões será na próxima 2ª feira (13), mas o Benfica já projeta as quartas de final, que não disputa desde 2005-06, e a ambiciosa chegada à final em jogo único, no sábado, 28 de maio de 2022, na Arena Gazprom, em São Petersburgo, na Rússia. Faz quase 60 anos que o recordista de títulos de campeão português não ganha o maior torneio de clubes da Europa, que conquistou em 1960-61 e 1961-62.

A VITÓRIA DA NOITE DE HOJE (8) sobre o Dinamo de Kiev por 2 x 0 levou 45 mil torcedores ao delírio no estádio da Luz, em Lisboa, onde o Benfica se impôs desde o início e decidiu o jogo no primeiro tempo. O atacante ucraniano Roman Yaremchuk, de 26 anos, abriu o placar aos 16, após bela jogada de Rafa Silva e João Mario, e o lateral-direito carioca Gilberto, de 28 anos, comprado do Fluminense em agosto de 2020, marcou o 2º gol aos 23 minutos.

O BENFICA VOLTOU A ADOTAR A LINHA de três zagueiros: Vlachodimos, André Almeida, Otamendi e Vertonghen; Gilberto (Lazaro), Weigl, João Mario (Taarabt) e Grimaldo; Pizzi (Everton Cebolinha), Yaremchuk (Darwin Nuñez) e Rafa Silva (Paulo Bernardo) – o Benfica, 2º do Grupo E, com 8 pontos, 2 vitórias, 2 empates, 2 derrotas, saldo negativo de 2 gols (7 a 9). O Dinamo foi um dos quatro sem vitória e o único ponto foi o do 0 x 0 com o Benfica, na Ucrânia.

O EX-MEIA RUI COSTA, hoje aos 49 anos, 34º presidente do Benfica, foi ao balneário (vestiário em Portugal) felicitar os jogadores e o técnico, reafirmando que se Jorge Jesus quiser sair, o ex-zagueiro Nelson Veríssimo, de 44 anos, técnico do Benfica B, líder isolado da 2ª divisão, assumirá a equipe principal, que já dirigiu em 2019-20. Sem título no Benfica, Rui Costa foi campeão da Copa Itália em 93-94 na Fiorentina e da Liga dos Campeões em 2002-03 no Milan. 

FOI O SEXTO CONFRONTO DA HISTÓRIA, com a 4ª vitória do Benfica, um empate e uma derrota. No estádio da Luz, terceira vitória do Benfica sem sofrer gol, depois de 5 x 0 em 92, e 1 x 0 em 2017, quando o goleiro Ederson, hoje no Manchester City, defendeu um pênalti. Na noite de hoje (8), pela classificação às oitavas de final, o Benfica recebeu mais 2.800 mil euros e a soma da premiação já chegou aos 54.300 mil euros, em torno de R$350 milhões.

BOM LEMBRAR – Campeão da Liga dos Campeões em 60-61, vencendo na final o Barcelona por 3 x 2, de virada, o Benfica teve o artilheiro José Águas com 11 gols, e o vice-artilheiro José Augusto, com 6 gols, igual ao carioca Evaristo. Em 61-62, no bi da Champions, o Benfica venceu o Real Madrid por 5 x 3, com 2 gols de Eusébio, José Águas, Cavém e Mario Coluna, e os três gols do Real Madrid foram do húngaro Ferenc Puskas.

Foto: Pedro Fiuza/AFP