Depois de sofrer o gol logo aos sete minutos, o Atlético Mineiro teve calma para ganhar de virada (2 x 1) do La Equidad, da Colômbia, na noite de ontem (20), no Estádio Independência, em Belo Horizonte, e só precisa empatar o jogo de volta, na próxima terça (27), no Estádio Metropolitano de Techo, em Bogotá, para ser semifinalista da Copa Sul-Americana.

PÊNALTI E VIRADA – O meia Elias, ex-Flamengo, fez o pênalti no veterano Stalin Mota, atacante de 35 anos, e a cobrança foi convertida, aos 7 minutos, pelo meia David Camacho, 22 anos. O volante Jair empatou aos 28, após lançamento de Cazares, e o gol da virada foi de Elias, aos 35 do segundo tempo, em falha do goleiro Diego Novoa, 30 anos, 1,93m, titular desde 2011.

O OUTRO PÊNALTI, dez minutos antes do gol da virada do Atlético, foi defendido pelo goleiro Diego Novoa, que espalmou a cobrança do equatoriano Juan Cazares. O meia Otero aproveitou a rebatida para fazer o gol, mas o árbitro anulou,com acerto, por invasão de área.  O jogo teve três bolas na trave, duas chutadas pelo Atlético.

EXPULSÃO – O La Equidad terminou com 10, pela expulsão do atacante Ethan Gonzalez, aos 10 minutos do segundo tempo. Em disputa de bola no alto, ele atingiu o rosto do zagueiro Rever, e foi bem expulso pelo árbitro Mario Diaz de Vivar, da Associação Paraguaia, que já o havia advertido com amarelo no primeiro tempo. R$522.090,00. 21.919 pagantes no Estádio Independência, em noite de tempo bom em Belo Horizonte.

ATLÉTICO – Cleiton, Patric, Igor Rabelo, Rever e Fabio Santos (Otero, 18 do segundo tempo); Jair (Alerrandro, 33 do segundo tempo), Elias, Vinícius e Juan Cazares; Chará (Luan, 40 do segundo tempo) e Ricardo Oliveira. Técnico – Rodrigo Santana. Advertidos com cartão amarelo Fabio Santos, Jair e Vinícius.

CLUB DEPORTIVO LA EQUIDAD SEGUROS S.A. é o nome completo do adversário do Atlético Mineiro nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Fundado em Bogotá há 36 anos por uma empresa de seguros, disputou a terceira divisão do Campeonato Colombiano de 1991 a 2003. Só entrou na primeira divisão em 2007, após ganhar a Série B no ano anterior.

Foto: O Popular