COM DUAS VITÓRIAS SEM SOFRER GOL e uma derrota sem fazer gol, o Botafogo se classificou neste domingo (9) para o mata-mata da Copa São Paulo, ao vencer o Taubaté por 2 x 0, no estádio Joaquinzão, em Taubaté, na região do Vale do Paraíba, a 130 km da capital paulista. Mesmo em campo encharcado, e sem seis jogadores infectados pela Covid-19, tendo que escalar o terceiro goleiro, o Botafogo foi superior e mereceu a vaga, com os gols de Raí e Maranhão.

O ADVERSÁRIO DO BOTAFOGO será o perdedor de XV de Piracicaba x São José. Invictos, com duas vitórias, paulistas e gaúchos decidirão o 1º lugar do Grupo 13, amanhã (10), no Ninho da Garça, em Guaratinguetá, a Atenas do Vale do Paraíba, a 175 km de São Paulo. O XV de Piracicaba tem a vantagem do empate e no saldo de gols (4 a 2), e a tendência é que o São José, tratado pelos gaúchos pelo apelido de Zequinha, seja adversário do Botafogo na próxima fase.

O TÉCNICO RICARDO RESENDE, de 41 anos, voltou a elogiar a aplicação do time: “Desta vez o campo pesado atrapalhou menos do que na derrota (1 x 0) para o Petrolina, em que criamos, mas perdemos boas chances de gol”. O Botafogo saiu para o intervalo com 1 x 0, gol do meia Raí, aos 39 minutos, após um passe primoroso de calcanhar do meia Kauê. No 2º tempo, o atacante Maranhão aproveitou o cruzamento sob medida de Raí e marcou o 2º gol aos 44 minutos.

O VOLANTE LIBERATO, paulista de 20 anos, revelado no Juventus e campeão mineiro sub-20 no Cruzeiro, teve atuação destacada e fez o terceiro jogo do início ao fim. Ele encerra o ciclo na categoria e será integrado ao elenco principal do Botafogo para a temporada 2022. O goleiro Lucas Barreto; o zagueiro Reydson e o meia Pedro China testaram positivo, assim como o goleiro Gabriel Toebe, o volante Kawan e o atacante Dudu, além do preparador fisico Rafael Rocha.

O BOTAFOGO FOI 1º DO GRUPO 14 COM 6 pontos: 3 x 0 no Aparecidense de Goiás; 0 x 1 com o lanterna Petropolina de Pernambuco. O time dos 2 x 0 no Taubaté teve o terceiro goleiro Maurício, com boa atuação, Wendel, Carlos Henrique, Ewerton (cap) e Jefinho; Liberato, Kauê e Raí (Hugo Iglesias); Daniel Fagundes (Felipe Vieira), Gabriel Tigrão e Maranhão. O Botafogo é o único dos grandes do futebol carioca que ainda não conseguiu ser campeão da Copa São Paulo.

FLAMENGO DESFALCADO – Na decisão do 1º lugar do Grupo 29 com o Oeste, 3ª feira (11), o Flamengo não terá os laterais Wesley e Marcos Paulo; o zagueiro Cleiton; os meias Werton e Mateus França, e os atacantes André e Ryan Luka, titulares nos dois primeiros jogos, que a partir de amanhã (10) estarão no grupo que se prepara a estreia no Campeonato Carioca, dia 26, com a Portuguesa. Mesmo que perca para o Oeste, o Flamengo se classifica como 2º.

FLUMINENSE – Já classificado em 1º lugar no Grupo 6, com duas vitórias, quatro gols marcados e nenhum gol sofrido, o Fluminense deve completar os 100% de aproveitamento na 1ª fase, com vitória sobre o já eliminado Matonense, amanhã (10), em Matão. O 2º lugar será decidido entre o Jacuipense, da Bahia, que tem a vantagem do empate, pelo saldo de gols, e o Fast Clube, de Manaus, que precisa ganhar só por um gol.

VASCO, O TIME DA MAIOR GOLEADA (12 x 0) DA COPINHA 2022 -, só precisa do empate com o SKA Brasil, de São Paulo, 3ª (11), para confirmar o 1º lugar do Grupo 24, no estádio de Santana de Parnaíba, a 42 km da capital paulista. Em dois jogos, o Vasco marcou 17 gols e sofreu só 1 gol. 

O NOVA IGUAÇU FC se classificou em 1º no Grupo 7, ao empatar hoje (9) em 1 x 1 com o Chapadinha, do Maranhão, no estádio José Vessi, em Cravinhos, município da região metropolitana de Ribeirão Preto, a 297 km da capital paulista. O Nova Iguaçu terminou com 7 pontos – duas vitórias, um empate, saldo de 4 gols (5 a 1) -, e o Chapadinha, com 5 pontos. Chapadinha é um município maranhense, com base na agricultura, a 245 km da capital São Luis.

O RESENDE FC, do Sul do estado do Rio de Janeiro, com 3 pontos, decide amanhã (10) o 2º lugar do Grupo 15, com a vantagem do empate, com o River do Piauí, que só tem 1 ponto. O jogo será em São José dos Campos, a 81 km da capital paulista, onde o Corinthians, maior vencedor da Copinha, com 10 títulos, deve confirmar os 100% de aproveitamento no jogo com o já eliminado São José.

Foto: FogãoNet