Depois do 0 x 0 do Flamengo com o Macaé, no Maracanã, o Botafogo foi o segundo grande a estrear sem fazer gol no Campeonato Carioca de 2020, ao perder (1 x 0) para o Volta Redonda, na noite de ontem (18), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Pelo quarto ano consecutivo, o Botafogo não consegue vencer na estreia.

SAULO MINEIRO, atacante de 22 anos, 1,80m, natural de Uberlândia, município mais populoso do Triângulo Mineiro, a 538 km da capital Belo Horizonte, fez o gol aos 25 do segundo tempo. Saulo contou com a boa jogada de Pedrinho, que dois minutos antes acertou a trave e depois obrigou o goleiro Diego Cavalieri a mais duas grandes defesas.

GOLEIRO EVITA – O paulistano Diego Cavalieri, de 37 anos, 1,89m, evitou que o Botafogo sofresse mais gols. Ele está no décimo oitavo ano de carreira, iniciada em 2002 no Palmeiras, e com o ponto alto em 2012, campeão carioca e brasileiro pelo Fluminense, que defendeu em 352 jogos, de 2011 a 2017.

BOM LEMBRAR – Único grande que ainda não foi tricampeão desde a implantação do profissionalismo em 1933, o Botafogo já ganhou 21 títulos cariocas, o último em 2018, mas não consegue vencer na estreia desde 2017, quando perdeu (2 x 0) para o Madureira. Em 2018, 2 x 2 com a Portuguesa; em 2019, 1 x 3 com a Cabofriense, e em 2020, 0 x 1 com o Voltaço. 

PRÉ-TEMPORADA – Enquanto o técnico Alberto Valentim está com o elenco principal em pré-temporada no interior capixaba, o assistente Bruno Lazaroni dirige o time no Carioca: Diego Cavalieri, Fernandes (Wenderson), Kanu, Souza e Lucas; Bochecha, Otávio e Caio (Ênio); Lucas Campos (Navarro), Vinícius e Igor, formação da derrota na estreia de ontem (18). 

BOA ESTREIA – O Volta Redonda estreou bem sob a direção do catarinense Luisinho Vieira, de 47 anos, ex-meia do Gamba Osaka, do Japão, e que em 2019 dirigiu o Sergipe. Douglas, Oliveira, Daniel, Heitor e Luis Paulo; Bruno Barra, Wallison (William), Marcelo (Luan) e Bernardo (Saulo Mineiro); Pedrinho e João Carlos. O jogo da segunda rodada, quarta (22), também será em Volta Redonda com a Cabofriense.

TRÊS CARTÕES – O volante Gustavo Bochecha foi o único do Botafogo advertido com cartão amarelo pelo árbitro Carlos Eduardo Braga. Os dois advertidos do Volta Redonda foram o meia Wallison e o atacante Pedrinho. Renda e público não anunciados, o que deverá se repetir em muitos outros jogos, como acontece há alguns anos.

SEGUNDO 0 x 0 – O Campeonato Carioca de 2020 começou com um gol em três jogos e o outro 0 x 0 de ontem (18) foi no estádio do Trabalhador, em Resende, no sul do estado, a 146 km da capital, entre o Resende FC e o Boavista SC, de Bacaxá, distrito de Saquarema,  capital nacional do surfe, a 96 km da região central do Rio de Janeiro.

Foto: Lance