Escolha uma Página

O BOTAFOGO IMPÔS AO JUVENTUDE a maior goleada do Campeonato Brasileiro de 2024 por 5 x 1 e subiu ao 3º lugar com 6 pontos, só a 1 ponto do líder Bragantino e do vice-líder Flamengo, seu adversário do próximo domingo (28), às 11 horas, no Maracanã. Foi a segunda vitória consecutiva do técnico português Artur Jorge.

O INÍCIO DO BOTAFOGO foi simplesmente arrasador, na noite deste domingo (21), no estádio Nilton Santos, com dois gols em cinco minutos. Junior Santos fez o 1º, aos 3, e Tiquinho, o 2º, aos 8, convertendo o pênalti do zagueiro carioca Lucas Freitas em Danilo. O Botafogo poderia ter saído para o intervalo com mais gols.

O JUVENTUDE ficou com 10 aos 36 do 1º tempo, com a expulsão de Lucas Freitas, e o Botafogo ampliou a vantagem na volta do intervalo. Danilo fez 3 x 0 aos 8; Savarino, de falta, 4 x 0 aos 15, e o meia americano Jacob Montes fechou a goleada aos 34. O gol do Juventude, aos 39, foi do zagueiro Danilo Boza, de cabeça. O ataque do Botafogo é o mais positivo, com 8 gols em três rodadas.

O TIME DA MAIOR GOLEADA: Gatito, Mateo Ponte (Damian), Halter, Bastos (Pablo) e Hugo; Danilo, Marlon, Savarino e Jeffinho (Hernandez); Junior Santos (Jacob Montes) e Tiquinho (Eduardo). O Botafogo volta ao estádio Nilton Santos, 4ª (24), pela primeira vitória na Libertadores no jogo com o Universitário do Peru.

                                    FURACÃO VENCE E SOBE AO 4º

TIME BRASILEIRO SEM DERROTA há mais tempo como mandante, o Athletico Paranaense subiu ao 4º lugar com 6 pontos, ao vencer o Internacional por 1 x 0, com o belo gol de fora da área do atacante uruguaio Agustin Canobbio, aos 25 do 2º tempo. Aos 41, ele foi expulso por falta por trás no zagueiro argentino Bustos.

O ATHLETICO PARANAENSE chegou ao 25º jogo de invencibilidade, e antes da visita do próximo domingo (28) ao Juventude, em Caxias do Sul, irá ao Uruguai para o jogo de 4ª (24) com o Danubio pela Copa Sul-Americana. O Internacional jogará 5ª (25) com o Delfin, no Equador, e receberá o Atlético Goianiense, domingo (28), em Porto Alegre.

                                        1ª VITÓRIA DO SÃO PAULO

OBSERVADO PELO NOVO TÉCNICO, o argentino Luis Zubeldia, o São Paulo venceu o Atlético Goianiense por 3 x 0, neste domingo (21), no estádio Antonio Accioly, em Goiânia. Calleri, de cabeça, aos 14 do 1º tempo, e Luciano, de pênalti, aos 7, e Ferreira, aos 31, marcaram os gols, e o time foi dirigido pelo interino Milton Cruz.

O SÃO PAULO HAVIA SOFRIDO duas derrotas por 2 x 1, para o Fortaleza no Morumbi, e para o Flamengo no Maracanã. O Atlético Goianiense é o time com mais expulsos em três rodadas: quatro jogadores e o técnico Jair Ventura, que voltou a dirigir o time da área técnica.

VITÓRIA CEDE EMPATE AO BAHIA

DEPOIS DE ABRIR 2 x 0, gols de cabeça de Mateuzinho aos 20 do 1º tempo e de Wagner Leonardo aos 12, o Vitória cedeu o empate ao Bahia em três minutos, com Biel aos 23 e Everaldo, de fora da área, aos 26. Foi o único dos quatro clássicos da 3ª rodada com técnicos brasileiros: Leo Condé, do Vitória, e Rogerio Ceni. O Ba-Vi registrou R608.509,00, com 27.609 pagantes no estádio Barradão, em Salvador.

O BRASILEIRO DE 2024 registra 69 gols (30 no 1º tempo) em 28 jogos das três primeiras rodadas, com a média de 2.46 gols por jogo. Cuiabá x Vitória, da 2ª rodada, e Criciúma x Fortaleza, que seria hoje (21), pelo jogo da Copa do Nordeste em que o Fortaleza goleou o Altos, do Piauí, por 5 x 0 na Arena Castelão.

COMO NOS ANOS ANTERIORES, o Brasileiro de 2024 começa com predomínio das equipes que jogam em casa. Dos 28 jogos, os mandantes ganharam 17 e os visitantes só venceram 4, registrando-se 7 empates, dos quais só dois 0 x 0, Corinthians x Atlético Mineiro, e o de hoje (21) Palmeiras x Flamengo.

DOS 20, SÓ DOIS AINDA NÃO FIZERAM GOL: Corinthians e Cuiabá (menos um jogo), e não à toa estão entre os últimos: Corinthians (18º), com saldo negativo de 3 gols, e Cuiabá (20º), com saldo negativo de 5 gols.

Fotos: Vítor Silva/Botafogo e o site oestadoderondonia