Escolha uma Página

COM A DERROTA DA LDU para o Junior Barranquilla por 1 x 0, na noite desta 3ª feira (14), no estádio Casa Blanca, em Quito, o Botafogo só precisa vencer o Universitário do Peru, 5ª feira (16), em Lima, para garantir a vaga no mata-mata das oitavas de final da Libertadores.

UM DOS SETE INVICTOS da fase de grupos, o Junior Barranquilla manteve a liderança do Grupo D, com 9 pontos, igualando-se em vitórias (2) ao Botafogo, 2º com 6 pontos, mas sem saldo de gol (6 a 6), enquanto o saldo do Junior Barranquilla é de três gols (7 a 4).

COM CINCO PONTOS, mas saldo negativo de 1 gol (5 a 6), o Universitário terá o apoio de mais de 45 mil torcedores no Estádio Monumental de Lima, para tentar vencer o Botafogo, assumir a vice-liderança e garantir a vaga nas oitavas de final. A previsão é de tempo bom e temperatura de 21 graus na hora do jogo.

RIVER MANTÉM LIDERANÇA INVICTA

COM DOIS GOLS do atacante colombiano Miguel Borja, de 31 anos, ex-Palmeiras e Grêmio, o River consolidou o 1º lugar do Grupo H, único sem brasileiro, ao vencer o Libertad, do Paraguai, por 2 x 0, na noite desta 3ª feira (14), no Monumental de Nuñez, o maior estádio de clubes da América do Sul, com 83.196 lugares.

FOI A 4ª VITÓRIA do time do técnico Martin Demichelis, de 43 anos, ex-zagueiro e volante, que passou a maior parte da carreira no Bayern Munique, onde ganhou 11 títulos. Quatro vezes campeão da Libertadores e já garantido no Mundial de Clubes de 2025 nos Estados Unidos, o River é um dos atuais sete invictos da Libertadores.

JUNTO COM O RIVER, só dois brasileiros – Fluminense (1º do Grupo A) e Palmeiras (1º do Grupo F), após o Atlético Mineiro perder para o Peñarol (2 x 0), e outro argentino, o Talleres (1º do Grupo B). Os outros são Junior Barranquilla (1º do Grupo D), Bolívar (1º do Grupo E) e Huachipato do Chile (2º do Grupo C).

Foto: SportyTrader