Escolha uma Página

COM DOIS GOLS EM OITO MINUTOS, o Botafogo terminou a 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2022 em 10º lugar, com 50 dos 108 pontos disputados, ao vencer o Atlético por 2 x 0, na noite desta 2ª feira (7), no Mineirão. Victor Sá marcou o 1º aos 31 e Tiquinho Soares fez o 2º aos 39 do segundo tempo.

FOI A 14ª VITÓRIA, 9ª em 18 jogos como visitante, 5ª sem sofrer gol, depois de 4 empates e 5 derrotas, todas sem fazer gol. A vitória garantiu a volta do Botafogo aos torneios internacionais, após quatro anos, eliminado, por coincidência, pelo Atlético Mineiro, nas oitavas de final da Copa Sul-Americana de 2019.

O BOTAFOGO fez um 1º tempo ruim, mas voltou melhor do intervalo com a saída de Patrick de Paula, que ainda não rendeu como no Palmeiras. Lucas Fernandes criou mais, como no cruzamento para a cabeçada de Tiquinho Soares marcar o 2º gol. Soares foi quem cruzou para Victor Sá fazer o 1º, de canhota, no ângulo.

O GOLEIRO Gatito saiu com luxação no ombro esquerdo, em lance isolado, ao cair sozinho, depois que saiu do gol para disputar a bola, aos 20 minutos. O substituto Lucas Perri, de 24 anos, 1,96m, paulista de Campinas, saiu-se bem, e com sorte: aos 7 do 2º tempo, após chute de Keno na trave, a bola voltou às suas mãos.

EM 10º COM 50 PONTOS, o Botafogo igualou-se em vitórias e derrotas (14), 8 empates, mas continua com saldo negativo de 2 gols: marcou 38, sofreu 40. O último jogo de 2022 no estádio Nilton Santos será 5ª (10) com o Santos, e na última rodada, domingo (13), com o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada.

O TIME DA 5ª VITÓRIA como visitante: Gatito (Lucas Perri), Daniel Borges, Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Patrick de Paula (Lucas Fernandes) e Gabriel Pires; Jr Santos (Victor Sá), Tiquinho Soares (Mateus Nascimento) e Jeffinho (Luis Henrique). Técnico – Luis Castro.

O BOTAFOGO IMPÔS ao Atlético a 10ª derrota, 5ª no Mineirão, 3ª sem fazer gol. O técnico Cuca mostrou-se aborrecido com as vaias e por ter sido chamado de burro e mercenário pelos torcedores. A permanência dele para a campanha de 2023 passou a ser questionada.

ATLÉTICO 0 x 2 BOTAFOGO registrou R$884.670,49. 31.160 pagantes, em noite de 19 graus no Mineirão. O árbitro gaúcho Leandro Vuaden anulou bem o gol de cabeça de Vargas porque o lateral Dodô estava impedido ao fazer o cruzamento. Aplicou bem cartão amarelo em Lucas Perri por demora na reposição da bola.