Escolha uma Página

SEM PODEREM ALCANÇAR o líder Junior Barranquilla e o vice-líder Universitário, do Peru, com 4 pontos, que empataram (1 x 1) na noite de ontem (9), na Colômbia, LDU e Botafogo, derrotados na estreia, tentam pontuar amanhã (11), no estádio Casablanca, na altitude de 2.850 metros de Quito, para evitar a lanterna.

NA ESTREIA DO TÉCNICO português Artur Jorge, o Botafogo não terá amanhã (11), no Equador, o meia Eduardo, recuperando-se de torção do tornozelo; o lateral-direito Rafael e o ponta-esquerda Savarino, com problema muscular, e o lateral-direito uruguaio Damian Suarez, suspenso. O técnico não indicou os substitutos.

O EMPATE da noite de ontem (9), no Estádio Metropolitano de Barranquilla, foi marcado pela entrada em campo de um cão, que só saiu depois que o goleiro Santiago Mele, do Junior, chutou a bola, de propósito, para que corresse para alcançá-la e deixasse o gramado. Jogadores e torcedores aplaudiram a ideia.

O UNIVERSITÁRIO abriu o placar aos 22 minutos, com o gol do zagueiro peruano Aldo Corzo, de 34 anos, mas ainda no primeiro tempo o Junior Barranquilla empatou, com o gol do ponta colombiano Deiber Caicedo, de 24 anos, emprestado pelo Vancouver Whitecaps, do Canadá. O placar foi mantido após o intervalo.

CARLOS BACCA, atacante de 37 anos, autor de dois gols do Junior Barranquilla no 3 x 1 no Botafogo, teve gol anulado por impedimento. O analista Harold Izquierdo, do El Tiempo, jornal de Bogotá, criticou com bom humor o time colombiano: “O Tubarão (como o Junior Barranquila é tratado) se afogou em um copo d’água”…

NO OUTRO JOGO da noite de ontem (9), em Assunção, o Libertad, do Paraguai, com a primeira vitória, 3 x 0 no Tachira, de Venezuela, embolou o Grupo H, único sem brasileiro, com o River e o Nacional (Uruguai), todos com 3 pontos. O Tachira é um dos cinco que ainda não marcaram gol, tal como Grêmio, Cerro, Peñarol e Palestino, que joga hoje (10) com o Flamengo, no Maracanã.

Fotos: Trivela