Escolha uma Página

No primeiro jogo após o rebaixamento, Botafogo e Vasco estrearam na noite de ontem (3) no Carioca 2021 sem fazer gol. No 0 x 0 com o Boavista, no estádio Nilton Santos, o Botafogo foi dirigido pela primeira vez pelo técnico baiano Marcelo Chamusca, de 54 anos, que lamenta a falta de tempo para aplicar os conceitos táticos durante os treinos: “É uma correria e temos que trocar o pneu com o carro andando, mas vamos conseguir ajustar a equipe”.

BASE MANTIDA – O Botafogo manteve a base da equipe eliminada no Brasileiro 2020, em que só venceu cinco dos 38 jogos, terminou em último com 27 pontos e apresentou o alarmante saldo negativo de 30 gols, com 32 marcados e 62 sofridos. No time do 0 x 0 com o Boavista, Diego Loureiro, Kevin, Benevenuto, Zé Welison, Nazario, Mateus Babi e Rafael Navarro, entre os que mais se empenharam.

VASCO PERDE – Em São Januário, o Vasco perdeu (1 x 0) para a Portuguesa, com o gol de cabeça do zagueiro Dilsinho, aos 32 do primeiro tempo. O técnico Diogo Siston, carioca de 40 anos, manteve 11 jogadores da base que completavam o grupo no Brasileiro e mais vinte da equipe sub-20, que ganhou a Copa do Brasil em decisão com o Bahia e a Supercopa do Brasil em decisão com o Atlético Mineiro. O novo técnico Marcelo Cabo apenas assistiu.

FLUMINENSE – Com equipe desfigurada, o Fluminense estreia hoje (4), no Maracanã, com o Resende. O técnico Roger Machado assistirá ao lado de Marcão, que será seu assistente, e Ailton Ferraz assumirá a equipe sub-23. A expectativa maior do clube é pela confirmação da vaga direta na fase de grupos da Libertadores, que o Fluminense conseguirá, se o Palmeiras for campeão da Copa do Brasil no próximo domingo (7), bastando o empate no jogo de volta com o Grêmio.

ATACANTE – O técnico Roger Machado pediu e o Fluminense deve conseguir o empréstimo do atacante Willian, paulista de 34 anos, 1,71m, que está no Palmeiras desde 2017, foi campeão brasileiro em 2018 e ganhou o Campeonato Paulista e a Libertadores em 2020. Há promessa de outras contratações para que o time entre com mais chances na Libertadores 2021 e possa fazer campanha acima do quinto lugar do Brasileiro de 2020.

Foto: Maratimba