Escolha uma Página

O BOTAFOGO SE CLASSIFICOU para a segunda fase da Copa do Brasil, ao empatar com o Sergipe por 1 x 1, com o gol de cabeça do zagueiro Adryelson, após escanteio do ponta Victor Sá, aos 54 minutos do 2º tempo, na noite desta 5ª feira (2), na Arena Batistão, em Aracaju. O próximo adversário será o Brasiliense.

O BOTAFOGO VOLTOU A JOGAR MAL e só conseguiu se classificar pela vantagem do empate, pela melhor campanha entre os 243 clubes do ranking nacional dos últimos cinco anos da Confederação Brasileira de Futebol. Com 8.795 pontos, o Botafogo é o 16º, e o Sergipe, que disputa a Série D, 88º colocado com 871 pontos.

SERGIPE 1 x 1 BOTAFOGO terminou de forma deplorável, com o presidente Ernan Sena, do Sergipe, agredindo o árbitro catarinense Braulio da Silva Machado e sendo agredido pelo assistente Alex dos Santos, que o atingiu com a haste da bandeirinha e o fez sair sangrando do campo.

O SERGIPE DOMINOU a maior parte do jogo, que o Botafogo não perdeu por pelo menos três defesas, daquelas chamadas de milagrosas ou impossíveis, pelo goleiro Lucas Perri. Ele só não evitou o gol do Sergipe, aos 46 do 1º tempo, porque a falta do lateral Augusto Potiguar foi de curva e no ângulo, com a bola quase batendo na trave.

O BOTAFOGO SÓ REAGIU nos 20 minutos finais e só conseguiu empatar aos 54, após o terceiro escanteio consecutivo do ponta Victor Sá, que o zagueiro Adryelson completou de cabeça na pequena área, quase um minuto após os acréscimos. Foi isso que causou revolta no presidente e nos torcedores do Sergipe, que jogaram uma caneca no técnico do Botafogo e tentaram agredi-lo após o jogo.

FOI O SÉTIMO JOGO do Botafogo com o Sergipe e o primeiro em que o time carioca não conseguiu vencer. Classificado pela vantagem do empate, o Botafogo terá que melhorar muito para continuar tentando ganhar a Copa do Brasil pela primeira vez em sua trigésima participação.

O PRÓXIMO ADVERSÁRIO do Botafogo, ainda sem data marcada, será o Brasiliense, do Distrito Federal, que também jogou com a vantagem do empate com o Athletic Club-MG, de São João del-Rei, e conseguiu a vaga com 1 x 1, na noite de 4ª feira (1), no estádio Joaquim Portugal.

O BOTAFOGO que avançou à 2ª fase da Copa do Brasil: Lucas Perri, Rafael (Gustavo Sauer), Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê (Danilo Barbosa), Gabriel Pires (Marlon Freitas) e Lucas Fernandes (Luis Henrique); Carlos Alberto (Lucas Piazon), Mateus Nascimento e Victor Sá. Técnico – Luis Castro.

O BOTAFOGO continua tentando vaga no quadrangular final da Taça Guanabara, mas depende de resultados do Vasco e do Fluminense. O próximo jogo será com o Resende, domingo (5), no estádio Kleber Andrade, em Cariacica, na região metropolitana de Vitória, capital do estado do Espírito Santo.

Foto: FogãoNet / Vitor Silva