Escolha uma Página

O BOTAFOGO ENTROU NO G8, ao vencer o São Paulo, sob muita chuva no Morumbi, por 1 x 0, gol do paraibano Tiquinho Soares, que sofreu e converteu o pênalti, aos 45 do 2º tempo, mas perdeu o 8º lugar para o América Mineiro, com 45, que venceu o Fluminense por 2 x 0. Com 43 pontos, o Botafogo terminou a 31ª rodada em 9º.

FOI A 12ª VITÓRIA, 8ª como visitante, e como há coisas que só acontecem ao Botafogo, todas por 1 x 0, tal como as 5 derrotas, sofridas fora de casa, foram todas sem fazer gol. O Botafogo impôs ao São Paulo, 11º com 40 pontos, mas com um jogo a menos, a 8ª derrota, 4ª como mandante, 3ª sem fazer gol. 

MESMO SOB CHUVA do início ao fim, o jogo não chegou a ser prejudicado, devido às boas condições do gramado do Morumbi, com excelente drenagem. O 1º tempo foi equilibrado, mas o Botafogo voltou do intervalo rendendo mais, com o domínio do meio-campo, pelo bom desempenho de Tchê Tchê e Eduardo.

O ÁRBITRO GAÚCHO Jean Pyerre Lima não viu Leo puxar Tchê Tchê pela camisa, quase na linha do gol, mas foi chamado pelo monitor, e marcou o pênalti, após quase cinco minutos, menos pelo tempo de revisão, mas para afastar os jogadores que tentavam se aproximar da tela do VAR. O zagueiro Leo foi expulso.

TIQUINHO SOARES tomou pouca distância na cobrança e converteu o pênalti com firmeza e categoria. Enquanto o goleiro Felipe Alves caiu para o lado direito, ele bateu de pé direito, forte e colocado, no canto esquerdo. Houve mais oito minutos de acréscimos, o São Paulo ainda tentou, mas o Botafogo soube manter o 1 x 0.

O TIME DA 12ª VITÓRIA: Gatito (c), Rafael (Kanu), Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê (Gabriel Pires), Lucas Fernandes (Danilo) e Eduardo; Junior Santos, Tiquinho Soares e Victor Sá (Philipe Sampaio). Os dois próximos jogos do Botafogo serão no Rio, domingo (16) com o Internacional, e domingo (23) com o Fluminense.

A GRANDE SUBIDA DO FORTALEZA

A 11ª VITÓRIA DO FORTALEZA, 10º com 41 pontos, está mostrando a grande subida do tetracampeão cearense, que terminou o turno em último lugar e era dado como rebaixado pela maioria dos observadores. O tricolor do Pici dominou o jogo todo, mas só conseguiu a vitória sobre o Avaí por 2 x 0, gols de Tiago Galhardo e Hércules, no 2º tempo da noite deste domingo (9), na Arena Castelão.

O FORTALEZA ultrapassou Goiás e Bragantino (38) e São Paulo (40), de seu ex-técnico Rogerio Ceni, embora o tricolor paulista tenha um jogo a menos, que disputará dia 20 com o Coritiba, no Morumbi. O Brasileiro da Série B de 2018; a Copa do Nordeste de 2019, e o bicampeonato cearense de 2019-20 são títulos que mantêm a idolatria do torcedor do Fortaleza por Ceni.

A 31ª RODADA SERÁ CONCLUÍDA nesta 2ª feira (10), com o líder e virtual campeão Palmeiras tentando manter-se invicto como visitante, frente ao Atlético Goianiense, 18º. Na Vila Belmiro, o Santos deve ganhar do lanterna Juventude e sair do 14º, com 37 pontos, para o 11º, ultrapassando Goiás e Bragantino (38), e superando o São Paulo, com 40, por mais uma vitória (10 a 9).

Foto: FogãoNet