Escolha uma Página

COM OUTRA ATUAÇÃO FRACA, o Botafogo estreou com derrota para o Cruzeiro por 3 x 2, na noite deste domingo (14), no Mineirão, no jogo com mais gols da rodada de abertura do Campeonato Brasileiro de 2024. Foi a terceira derrota consecutiva, segunda do técnico português Artur Jorge, que terá trabalho para ajustar o time.

O BOTAFOGO ABRIU O PLACAR logo aos cinco minutos, com Tiquinho completando jogada de Junior Santos, mas sofreu o empate aos 20, com o gol de Lucas Silva, e levou a virada aos 21 do 2º tempo com o gol de Rafael Silva. Mesmo com 10, pela expulsão do zagueiro paraguaio Barboza, o Botafogo empatou aos 38, com Danilo, de cabeça, após escanteio de Hugo, mas sofreu o 3º gol, de Rafael Elias, aos 46.

O TIME DA ESTREIA com derrota: Gatito, Mateo Ponte, Lucas Halter, Bastos (Barboza) e Marçal (Hugo); Gregore (Danilo), Marlon (Tchê Tchê) e Jeffinho (Savarino); Luis Henrique, Tiquinho (Óscar Romero) e Junior Santos. O Botafogo fará dois jogos seguidos no estádio Nilton Santos, 5ª (18) com o Atlético Goianiense, e domingo (21) com o Juventude.

CRUZEIRO 3 x 2 BOTAFOGO registrou R$623.060,00. 20.701 pagantes. O árbitro paulista Mateus Candançan expulsou bem o zagueiro paraguaio Alexander Barboza, do Botafogo, por entrada maldosa, de sola, em Mateus Pereira. Aliviado, após quatro jogos sem vencer, o Cruzeiro visita o Fortaleza, 4ª (17), e volta ao Mineirão para o clássico da 3ª rodada com o Atlético, sábado (20).

NO ÚNICO 0 x 0 da rodada de abertura, o visitante Atlético Mineiro jogou com 10, desde os acréscimos do 1º tempo, na tarde deste domingo (14), na Arena Corinthians, com a expulsão do volante argentino Rodrigo Battaglia, após o segundo amarelo por falta dura no atacante Yuri Alberto.

Foto: Pedro Vilela/Getty Images e Terra