Uma falha do meia Honda, que entregou a bola nos pés do adversário, levou o Botafogo à derrota para o Cuiabá, na noite de ontem (27), no estádio Nilton Santos, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, em que só o campeão tem vaga na Libertadores 2021. O autor do gol foi o volante Mateus Barbosa, com chute forte de fora da área, aos 11 do segundo tempo. Ele tem 26 anos, é paulista de São Bernardo do Campo, começou no juvenil do Grêmio e joga no Cuiabá emprestado pelo Avaí.

PELO EMPATE – O Cuiabá terá a vantagem do empate no segundo jogo, na próxima terça (3), na Arena Pantanal, em Cuiabá. A vitória do Botafogo, por qualquer placar, levará a decisão da vaga aos pênaltis. O Botafogo terá que render mais para vencer o jogo de volta porque não fez boa apresentação em seu estádio. Terceiro colocado na Série B, com 33 pontos, dois a menos que o vice-líder América Mineiro (35) e quatro pontos abaixo da líder Chapecoense (37), o Cuiabá fez exibição equilibrada e mereceu vencer.

INCRÍVEL – Absolutamente inacreditável a falha de Honda ao entregar a bola nos pés de Mateus Barbosa, rápido e preciso na finalização forte e certeira de fora da área, no canto, sem chance de defesa para o goleiro Diego Cavalieri. O volante do Cuiabá, além de boa formação no juvenil do Grêmio, apareceu bem na seleção brasileira sub-17 e fez o gol da vitória (3 x 2) sobre o Uruguai, na final do Sul-Americano de 2011, que a seleção ganhou no Equador, dirigida pelo técnico Emerson Ávila.

BOTAFOGO – Diego Cavalieri, Kevin, Benevenuto, Kanu e Vitor Luis; Cicero (Lecaros), Honda, Caio Alexandre e Bruno Nazario (Kelvin); Rhuan (Mateus Babi) e Pedro Raul. Técnico – Bruno Lazaroni. Décimo sexto com 19 pontos  3 vitórias, 10 empates, 4 vitórias, saldo negativo de 3 gols (17 a 20) -, o Botafogo volta ao estádio Nilton Santos para o jogo de sábado (31) com o Ceará, faltando só o jogo com o São Paulo, adiado do último domingo (25), para terminar a campanha do turno do Brasileiro.

CUIABÁ – João Carlos, Lucas Ramon, Ednei, Anderson e Lucas Hernandez; Mateus Barbosa, Nenê Bonilha (Pierini), Hayner (Jean Patrick) e Elvis (Diego Jardel); Willians Santana (Yago) e Maxwell (Ferrugem). Técnico – Marcelo Chamusca. Árbitro – Gilberto Rodrigues Junior, da Federação Pernambucana, com boa atuação, advertiu o zagueiro Benevenuto, único do Botafogo, e Lucas Ramon, Maxwell e Ferrugem.

REENCONTRO – Athletico Paranaense e Flamengo fazem hoje (28) o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena da Baixada, em Curitiba. É o reencontro dos times na competição, após dois 1 x 1 nas quartas de final de 2019, em que o Athletico, dirigido por Tiago Nunes, se classificou nos pênaltis (3 a 1), no Maracanã, e foi campeão na decisão com o Internacional. O Flamengo anuncia a volta do goleiro Diego Alves, recuperado de contusão no ombro no final de agosto.

Foto: DCI