A estreia do técnico Alberto Valentim, que o Botafogo contratou até o fim de 2020, será no clássico da próxima quarta (16) com o Vasco, em São Januário. Ele estará no jogo deste sábado (12) com o Palmeiras, no estádio do Pacaembu, como assistente, de vez que o time será outra vez dirigido por Bruno Lazaroni, que venceu (3 x 1) o Goiás.

MULTA – O Avaí, penúltimo com 17 pontos, não abriu mão da multa de R$200 mil, que Alberto Valentim pagou ontem (11), antes de se despedir, para depois receber do Botafogo. Depois de Zé Ricardo e Eduardo Barroca, que dirigiu o time em 23 rodadas do Brasileirão, Valentim volta ao Botafogo, após ganhar o campeonato carioca de 2018.

REENCONTRO – Valentim vai reencontrar o Vasco, uma semana depois, dirigindo times diferentes: anteontem (10), ele fez o último jogo à frente do Avaí, no 0 x 0, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. E sua volta ao Botafogo coincidirá com o clássico com o Vasco, na próxima quarta (16), no estádio de São Januário.

BOM LEMBRAR – Valentim dirigiu o Botafogo, campeão carioca em 2018, em 26 jogos – 11 vitórias, 8 empates, 9 derrotas – e saiu atraído por proposta mais vantajosa do Pyramids FC, do Egito, que só comandou em três jogos, por divergência com os dirigentes. Em 2019 foi demitido do Vasco, depois de perder os dois jogos das finais cariocas para o Flamengo.

SEM SETE – O Botafogo não terá sete titulares no jogo deste sábado (12) com o Palmeiras: Diego Souza, Pimpão, Cicero e Marcelo (suspensos); Gatito, com a seleção paraguaia, e Marcinho, com a seleção brasileira, e Alex Santana, em tratamento. Time: Diego Cavalieri, Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson; Gustavo, Alan Santos e João Paulo; Valencia, Vinicius e Luis Fernando. O Botafogo perdeu o jogo do turno (1 x 0), em Brasília.

SEM CINCO – O Palmeiras não contará com Felipe Melo e Willian (suspensos); Weverton, com a seleção brasileira; Gustavo Gomez, com a seleção paraguaia, e Luiz Adriano, em tratamento. Time escalado pelo técnico Mano Menezes: Fernando Prass, Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Mateus Fernandes, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Zé Rafael e Henrique Dourado (Deyverson ou Borja).

SITUAÇÃO – Igual em pontos (47) ao vice-lider Santos, o Palmeiras tem menos uma vitória (13 a 14). O Santos tem saldo de 13 gols (36 a 23) e o saldo do Palmeiras é de 19 (39 a 20). Se vencer, o Palmeiras pode se isolar em segundo lugar, desde que o Santos não ganhe do Internacional, amanhã (13), em Porto Alegre.

O BOTAFOGO, décimo segundo com 30 pontos, poderá subir duas posições, desde que o Atlético Mineiro, com 31, não ganhe amanhã (13) do Grêmio, em Belo Horizonte, e o Goiás, com 33, perca para o CSA, em Goiânia, no primeiro jogo de hoje (12), às 17 horas. 

Foto: Galáticos Online