Depois das derrotas do Flamengo, Vasco e Fluminense, o Botafogo salvou o futebol do Rio com a única vitória na segunda rodada. A vitória da noite desta quinta (2) sobre o Bahia, foi de virada, ainda no primeiro tempo, em jogo em que os dois times voltaram a sofrer dois gols como na estreia, em que o Botafogo perdeu (2 x 0) do São Paulo e o Bahia ganhou (3 x 2) do Corinthians. R$148.599,00. 7.568 pagantes, no estádio Nilton Santos, onde os torcedores preferiram cantar sucessos de Beth Carvalho, em vez de um minuto de silêncio para homenagear a grande botafoguense Madrinha do Samba.

A VIRADA – O Bahia surpreendeu o Botafogo com o gol de Arthur Caíke logo aos cinco minutos, completando cruzamento da esquerda do lateral Moisés. Mas o Glorioso fez a virada em seis minutos, com o belo gol de voleio de Erik, aos 29, após escanteio e desvio de Carli e Cicero, e com o gol de João Paulo, aos 35, aproveitando o cruzamento de Gilson e a falha de Pimpão. E ainda houve tempo para o terceiro gol, nos acréscimos, que Cicero marcou aos 47, com chute forte.

SEGUROU BEM – Na volta do intervalo, Diego Souza, que reapareceu recuperado do problema muscular na coxa, perdeu o quarto gol aos 13, na frente do goleiro Douglas. O Bahia cresceu no jogo, mas o Botafogo segurou bem a vantagem, que o campeão baiano só conseguiu diminuir aos 37, com o gol do zagueiro Ernando, aproveitando a rebatida de Gatito em chute de Shaylon. Antes, o Bahia teve boas chances, que Rogerio e Gilberto não souberam aproveitar.

BOTAFOGO – Gatito, Marcinho, Carli, Gabriel e Gilson; Gustavo, Cicero (Luis Fernando), João Paulo e Pimpão (Valencia); Erik (Alex Santana, que reapareceu discreto) e Diego Souza. Técnico – Eduardo Barroca. O Botafogo terá mais dois jogos seguidos no Rio, domingo (5) com o Fortaleza, no estádio Nilton Santos, e no outro sábado (11), no Maracanã, com o Fluminense. O time só volta a jogar fora na quinta rodada com o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Com a primeira vitória, o Botafogo subiu 10 posições, saindo do penúltimo para o nono lugar.

BAHIA – Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Ramires (Rogerio); Arthur, Fernandão (Gilberto) e Arthur Caíque.Técnico – Roger Machado. Com a derrota, o campeão baiano desceu cinco posições e terminou a segunda rodada em décimo segundo lugar. O próximo jogo será com o Avaí, domingo (5), na Arena Fonte Nova, em Salvador.