Escolha uma Página

Se conseguir a quinta vitória consecutiva, na noite de hoje (12) sobre o Operário, em Ponta Grossa, no Paraná, o Botafogo somará 28 pontos e subirá quatro posições, ultrapassando Avaí (27), Goiás (28 pontos, 7 vitórias), CRB e Vasco (28), pelo saldo de gols, e terminará a rodada em quinto lugar. O Guarani (29) tirou o Vasco (28) do quarto, e o Sampaio Corrêa (29, mais saldo de gols) subiu para terceiro, ao vencer o Náutico (30). O novo líder é o Coritiba, com 33, e o CRB será o novo vice-líder, com 31 pontos, se vencer hoje (12) o Brusque, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

TERCEIRA CONSECUTIVA – O Náutico, campeão pernambucano, entrou em acentuado declínio e perdeu a liderança, após dezessete rodadas, com a terceira derrota consecutiva, na noite de ontem (11), no estádio Castelão, em São Luis, para o Sampaio Corrêa por 2 x 0, gols de Daniel Costa e Pimentinha, no segundo tempo. Igual ao Guarani em pontos (29) e em vitórias (8), o Sampaio Corrêa é terceiro pelo saldo de gols (9 a 5).

CORITIBA, NOVO LÍDER – Dirigido pelo paraguaio Gustavo Morínigo, de 44 anos, ex-meia, o Coritiba assumiu a liderança ao vencer o lanterna Brasil, na noite de ontem (11), em Pelotas, por 2 x 0, gols do atacante gaúcho Leo Gamalho, de 35 anos, aos 26 do primeiro, e aos 41 do segundo tempo, de pênalti. Com saldo de 10 gols (21 a 11), o Coritiba tem 9 vitórias, e o vice-líder Náutico, só 1 ponto a mais que o terceiro, empata em vitórias (8) com o Sampaio Corrêa.

CRUZEIRO EMPATA – No segundo jogo do técnico Vanderlei Luxemburgo, o Cruzeiro empatou (2 x 2) com o Vitória, na noite de ontem (11), no estádio Independência, em Belo Horizonte, e está em décimo quinto com 17 pontos. O Vitória é décimo sétimo com 14. Sóbis e Giovani fizeram os gols do Cruzeiro, que conseguiu a virada, e Samuel, que abriu o placar, marcou os dois gols do Vitória, no oitavo empate dos dois times em 17 rodadas.

VIRADA DA MACACA – Ao vencer o Londrina por 2 x 1, de virada, na noite de ontem (11), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, a Ponte Preta, do técnico Gilson Kleina, saiu do rebaixamento e terminou a rodada em décimo sexto lugar com 16 pontos; o Londrina sofreu a oitava derrota e é penúltimo com 13. O gol da virada foi de Moisés, aos 48 do segundo tempo. A Ponte Preta é chamada de macaca, por ser de negros a maioria de sua torcida nos primeiros jogos.