Escolha uma Página

O BOTAFOGO VENCEU o Corinthians pela primeira vez em doze anos na Arena Corinthians e assumiu a liderança do Brasileiro com o 1 x 0, gol de Junior Santos, aos 13 minutos do segundo tempo, completando de primeira o cruzamento rasteiro do lateral-esquerdo Cuiabano, no último jogo deste sábado (1). Com a quarta derrota, o Corinthians entrou no rebaixamento (17º).

O BOTAFOGO foi o quarto visitante a vencer em cinco jogos da retomada do Brasileiro, depois de duas semanas, devido às enchentes no Rio Grande do Sul. Com a quarta vitória e 13 pontos, o Botafogo ultrapassou Athletico e Bahia (13), Bragantino, que venceu o Grêmio (12), e Flamengo (11), que ainda vão jogar.

O BOTAFOGO teve outra atuação segura, bem de acordo com a filosofia do técnico português Artur Jorge de jogar igual como mandante ou visitante, e assumiu o controle desde a metade do 1º tempo. Pelo que rendeu, já merecia a vitória antes da saída para o intervalo, quando o meia Marlon perdeu a melhor chance de gol.

O BOTAFOGO fez o gol aos 13 minutos do 2º tempo e poderia ter ampliado a vantagem, mas Savarino e Junior Santos não aproveitaram. O Corinthians, do técnico português Antonio Oliveira, pressionou no fim e quase empatou com Yuri Alberto, que acertou a trave, após desvio do goleiro John.

CORINTHIANS 0 x 1 BOTAFOGO registrou R$2.614.293,50. 40.937 pagantes, na noite deste sábado (1), na Arena Corinthians. O árbitro gaúcho Anderson Luis Daronco advertiu com cartão amarelo Wesley e Félix Torres, do Corinthians, e Óscar Romero, Luis Henrique e Danilo, fora do próximo jogo.

O TIME DA QUEBRA DO TABU: John, Damian, Halter, Bastos e Cuiabano; Danilo (Gregore), Marlon e Tchê Tchê (Hugo); Luis Henrique (Óscar Romero), Junior Santos (Yarlen) e Savarino (Tiquinho). O próximo jogo é o clássico da 8ª rodada com o Fluminense, 3ª (11), às 20 horas, no estádio Nilton Santos.

INTERNACIONAL AFUNDA CUIABÁ

COM O GOL do lateral-direito espanhol Hugo Mallo, de 32 anos, aos 24 minutos do 2º tempo, o Internacional venceu o Cuiabá (1 x 0), na noite deste sábado (1), na Arena Pantanal, na capital do estado do Mato Grosso. Foi a terceia vitória do time dirigido pelo argentino Eduardo Coudet, deixando o Inter com 10 pontos.

O INTERNACIONAL impôs a quinta derrota consecutiva ao Cuiabá, último (20º), que perdeu todos os jogos, ainda não fez sequer um gol e sofreu 11 gols. É difícil explicar que o time que terminou invicto no Grupo G da Copa Sul-Americana, com 3 vitórias e 3 empates, esteja fazendo tão ridícula no Brasileiro.

Fotos: Vítor Silva/Botafogo e Reprodução