EMBORA NÃO TENHA DEIXADO BEM CLARO, a impressão que se teve foi que o Botafogo quis desviar do Flamengo nas semifinais, ao visitar o Audax, com quem empatou (2 x 2) em Angra dos Reis. Precisando vencer para ser 3º, optou por jogar com uma equipe desfigurada e acabou em 4º, que o levará a decidir a vaga com o Fluminense.

A ESTRATÉGIA, também conhecida como risco calculado, não é nova. Há mais de 60 anos, quando ganhou a primeira de suas quatro Copas do Mundo, a Alemanha fez isso, ao escalar só reservas no primeiro jogo com a Hungria, que a goleou por 8 x 3, mas na decisão final venceu de virada por 3 x 2. Será que o Botafogo se inspirou na ideia?

O BOTAFOGO deste domingo (13), esteve duas vezes em desvantagem, mas conseguiu evitar a 4ª derrota, e o Audax obteve a última vaga (8º lugar) para a Taça Rio. O atacante Anderson Lessa fez o gol do 1º tempo, na falha do goleiro Diego Loureiro, que reapareceu mal, e na volta do intervalo, o volante Breno empatou para o Botafogo.

O AUDAX voltou a ficar em vantagem, com o gol do meia Hugo Sanches, com chute forte da entrada da área aos 32, mas o Botafogo reagiu rápido e estabeleceu o empate final aos 36, com Erison convertendo o pênalti que o zagueiro Kayck cometeu com o braço. Foi o 6º gol de Erison, vice-artilheiro, a um gol de Gabriel.

DIEGO LOUREIRO, Vítor Marinho (Barreto, 21 do 2º tempo), Lucas Mezenga, Kawan e Reydson (Jonathan Silva, 41 do 2º tempo); Romildo (Kayque, 21 do 2º tempo), Breno e Juninho (Luis Fernando, intervalo); Raí, Erison e Rikelme (Gabriel Conceição, 37 do 2º tempo) – o Botafogo, 4º colocado com 20 pontos, 6 vitórias, 2 empates, 3 derrotas, saldo de 8 gols (24 a 16). 

NOVO TÉCNICO – O Botafogo anunciou na noite de hoje (13), que o Al-Duhail liberou de comum acordo o técnico português Luis Castro, de 60 anos, após a final da Copa do Emir do Catar, na próxima 6ª (18). Ele chegará domingo (20), e no dia seguinte, assistirá o primeiro Botafogo x Fluminense das semifinais, no estádio Nilton Santos.

COM A 4ª VITÓRIA CONSECUTIVA, o Nova Iguaçu FC terminou em 5º lugar na Taça Guanabara, ao vencer o Madureira por 3 x 0, neste domingo (13), no estádio Laranjão. O técnico Carlos Vítor levou o time à Taça Rio, com o prêmio de R$1 milhão, e à vaga na Série D do Brasileiro de 2023. Portuguesa (6º), Resende (7º) e Audax (8º) também disputarão a Taça Rio.

Foto: Lance!