O BOTAFOGO pode subir duas posições e terminar a 27ª rodada em 10º, se vencer o Coritiba, pior visitante, único sem vitória, com 10 derrotas e 2 empates, no segundo jogo deste sábado (17), às 19 horas, no estádio Nilton Santos, com arbitragem do mineiro Paulo Cesar Zanovelli. Avaí e Atlético Mineiro abrem a rodada às 17 horas.

12º COM 31 PONTOS, 8 vitórias, 7 empates, 11 derrotas, saldo negativo de 5 gols (25 a 30), o Botafogo é o 15º mandante, com mais derrotas (6) que vitórias (3), 4 empates, ainda não ganhou em quatro jogos no returno no estádio Nilton Santos e só marcou 1 gol (1 x 1 Ceará). 0 x 0 Atlético GO e América MG, e 0 x 1 Flamengo.

GANHANDO, O BOTAFOGO terá 34 pontos e precisa que o Bragantino, 11º com 33, não vença amanhã (18), em casa, o Goiás, há quatro jogos sem perder, e que o Santos, 10º com 34 pontos, perca amanhã (18), fora de casa, para o Palmeiras. No último jogo, em casa, o Botafogo não saiu do zero com o América Mineiro.

O TIME SERÁ MANTIDO: Gatito, Saravia, Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes e Eduardo; Victor Sá, Tiquinho Soares e Jeffinho. Recuperado de problema no tornozelo, o meia-atacante Gustavo Sauer, catarinense de 29 anos, pode reaparecer, dependendo das circunstâncias do jogo.

O CORITIBA, 16º COM 28 PONTOS, 8 vitórias, 4 empates, 14 derrotas, saldo negativo de 13 gols (28 a 41), tenta se afastar do rebaixamento. A última vitória sobre o Botafogo como visitante foi em 21/9/2002, no estádio Godofredo Cruz, em Campos, por 2 x 0. Desde então, perdeu 9 jogos e empatou 4, todos pelo Brasileiro. 

EM SEU 5º JOGO – duas vitórias, duas derrotas -, o técnico Guto Ferreira vai manter sete que iniciaram a vitória sobre o Atlético Goianiense por 2 x 0 no último jogo. O time: Gabriel, Natanael, Chancellor, Luciano Castan e Rafael Santos; Bruno Gomes, Jesus Trindade e Robinho; Warley ou Hernan Perez, Fabricio Daniel e Alef Manga.

Foto: Esportes – Estadão