POR INDICAÇÃO DO TÉCNICO LUIS CASTRO, que chega domingo e será apresentado 2ª feira (28), o Botafogo acertou a contratação do meia Lucas Fernandes, do Portimonense, por empréstimo, sem custo e com opção de compra, até junho de 2023. Paulista, 24 anos, revelado no São Paulo, ele joga em Portugal desde 2019.

O EMPRÉSTIMO DE LUCAS FERNANDES foi facilitado pelo presidente Fernando Rocha, lisboeta de 66 anos, no cargo desde 2006, que costuma dizer: “Hoje, o mundo do futebol é o mundo dos negócios”. O técnico Paulo Sergio Brito não queria que o jogador saísse, pelo que representa como líder de assistências da equipe.

O TÉCNICO LUCIO FLAVIO deixa o comando do time após o jogo de domingo (27), ao completar o nono jogo, até agora com 3 vitórias, 1 empate, 4 derrotas, e Luis Castro assume como 9º treinador estrangeiro, primeiro português da história do clube. Dos oito, três eram húngaros e só Nicolas Ladanyi foi campeão carioca, em 1930 e 1932.

OS OUTROS DOIS HÚNGAROS que treinaram o Botafogo foram Eugenio Medgyessy, em 1926-27, e Dori Kruschnner, em 1939-40, após dirigir o Flamengo em 1937-38. O Botafogo teve três técnicos uruguaios: Juan Carlos Bertone (1923-24); Ramon Platero (1927-28) e Ondino Viera (1947), e um inglês, Charles Williams (1928-1930).

BOM LEMBRAR: o único técnico inglês do Botafogo era goleiro e foi o primeiro da história do futebol mundial a marcar gol em jogo oficial, o da vitória do Manchester City sobre o Sunderland por 2 x 1, sábado, 29 de dezembro de 1899, no 1º campeonato da Liga Inglesa. Ele rebateu a bola da própria área com muita força. 

O ÚNICO ARGENTINO que treinou o Botafogo foi Mario Francisco Fortunato (1944), campeão em 1930 com o Boca, com o recorde de 113 gols. Bom dizer: Ramon Diaz, que seria o 2º argentino a dirigir o Botafogo, foi contratado em novembro de 2020, mas teve problema de saúde, foi internado e não chegou a assumir.

Foto: reprodução/Instagram