O BOTAFOGO CAIU UMA POSIÇÃO e terminou a 7ª rodada em 4º lugar, mesmo vencendo o Resende na noite chuvosa de ontem (17), no estádio Nilton Santos, por ter menos 1 gol que o Vasco (13 a 14), com quem empata em pontos (16), vitórias (5), empate (1), derrota (1) e no saldo de gols (7). O 1º tempo foi equilibrado e os três gols só foram marcados na volta do intervalo.

MATEUS NASCIMENTO, revelação do Botafogo e uma das promessas mais seguras do futebol brasileiro, abriu o placar aos 14 minutos, aproveitando bem o cruzamento de Luis Fernando, que dois minutos depois sofreu pênalti de Joanderson, convertido por Erison, de canhota, no gol da 5ª vitória. O gol do Resende foi marcado aos 24 minutos com chute forte de Jeffinho.

GATITO, Daniel Borges, Kanu, Joel Carli e Jonathan Silva; Fabinho, Barreto (Breno, 28 do 2º tempo) e Luis Fernando (João Victor, 31 do 2º tempo); Raí (Kayque, 40 do 2º tempo), Erison (Chay, aos 28 do 2º tempo) e Mateus Nascimento (Gabriel Conceição, aos 40 do 2º tempo) – o Botafogo ainda sob a orientação do interino Lúcio Flávio, assistente permanente da comissão técnica.

O BOTAFOGO AINDA TENTA acertar a contratação do técnico português Luis Castro, de 60 anos, que o Al-Duhail, do Catar, só aceita liberar com o pagamento da multa pela rescisão do contrato. O currículo do técnico registra que ele dirigiu o futebol de base do Porto, entre 2006 e 2016, com poucos jogos no comando da equipe principal. O Corinthians também entrou na disputa para contratá-lo.

O BOTAFOGO TAMBÉM QUER o lateral-direito Gilberto, de 28 anos, seu campeão carioca em 2013, e que está na segunda temporada no Benfica, depois de ter jogado pelo Fluminense de 2018 a 2020. O Botafogo anuncia também o interesse no zagueiro Jemerson, de 29 anos, ex-Atlético Mineiro e Corinthians, do Metz, penúltimo do Campeonato Francês, com saldo negativo de 20 gols (25 a 45), que joga nesta 6ª feira (18), com o LOSC, da cidade de Lille, 10º colocado.

O OUTRO JOGO DA NOITE de ontem (17), Portuguesa x Boavista, só será concluído hoje (18), devido à falta de luz, no estádio Luso-Brasileiro. Foi paralisado aos 29 do 2º tempo em 1 x 1, gols de Bruno Rangel para o Boavista e Bruno Santos, de pênalti, para a Portuguesa. O Boavista foi punido com a perda de sete pontos, devido à escalação irregular do meia Ryan Guilherme.

Foto: Fogão Net