O BRASIL GANHOU O BRONZE ao golear a Holanda por 4 x 1 na decisão do 3º lugar do Mundial Feminino de Futebol sub-20, na noite de ontem (28), no Estádio Nacional de San José, capital da Costa Rica. Quatro anos depois, a Espanha ganhou o ouro, ao devolver ao Japão os 3 x 1 da final de agosto de 2018 na França.

DEZESSEIS ANOS DEPOIS, o Brasil igualou sua melhor participação nos Mundiais femininos sub-20, ao ficar em 3º em 2006 na Rússia, onde ganhou dos Estados Unidos por 6 x 5 nos pênaltis, após 0 x 0 no tempo normal. Na noite de ontem (28), a seleção do técnico Jonas Urias, de 33 anos, goleou a Holanda por 4 x 1.

OS GOLS DO 1º TEMPO foram de cabeça, da lateral Ana Clara, de 20 anos, do São Paulo, e da meia holandesa Rosa van Gaal. Na volta do intervalo, a zagueira carioca Tarciane, de 19 anos, que em 2021 saiu do Fluminense para o Corinthians, fez o 2º e o 3º, e a meia Giovanna, de 17 anos, do Santos FC, fechou a goleada de 4 x 1.

TÍTULO INÉDITO DA ESPANHA

DIRIGIDA DESDE 2016 pelo técnico Pedro Lopez, valenciano de 43 anos, a seleção da Espanha ganhou o Mundial Feminino sub-20, derrotando na final da noite de ontem (28), o Japão por 3 x 1, com muita superioridade e marcando os três gols em 14 minutos. As japonesas haviam vencido as espanholas por 3 x 1 na final de 2018.

A VOLANTE INMA GABARRO, sevilhana de 19 anos, marcou o primeiro gol aos 13 e ganhou o prêmio de melhor do campeonato. Salma Paralluelo, de 18 anos, lateral e meia do Barcelona, fez o 2º gol aos 22, e o 3º, de pênalti, aos 27 minutos, ganhando o prêmio de melhor do jogo. Ela foi velocista recordista dos 400m com barreiras.

A SELEÇÃO QUE GANHOU pela 1ª vez o Mundial sub-20 é a mesma que conquistou o Mundial sub-17, em dezembro de 2018, ao vencer o México por 2 x 1, no Uruguai. Depois disso, o futebol feminino da Espanha teve boas participações nos campeonatos europeus, sendo vice-campeão sub-17 e campeão sub-19 em 2019.

AS CAMPEÃS MUNDIAIS SUB-20 de 2022, na noite de ontem (28), na Costa Rica: Txell Font, Ana Tejada, Andrea Medina, Ari Mingueza (Sonia Majarin) e Silvia Lloris; Inma Gabarro (Maité Zubieta), Julia Bartel e Salma Paralluelo; Ester Laborde (Mirari Uria), Ane Elexpur e Asun Martinez (Fiamma Ianuzzi). Inma Gabarro foi a artilheira do Mundial sub-20, com 8 gols em seis jogos.

Foto: Zero Zero / Olipíada Todo Dia