Escolha uma Página

COM ENDRICK pela primeira vez titular, substituindo Vinicius Junior, suspenso, o Brasil terá outra mudança na escalação para o jogo da noite deste sábado (6) com o Uruguai, decidindo a vaga para a semifinal com Panamá ou Colômbia: Arana volta à lateral-esquerda, enquanto nas demais posições o técnico Dorival Junior não fará alteração.

A SELEÇÃO escalada com Alisson, Danilo (c), Militão, Marquinhos e Arana; João Gomes, Bruno Guimarães e Paquetá; Rodrygo, Endrick e Raphinha, para o histórico 80º jogo com o Uruguai, desde o primeiro, na 4ª feira, 12 de julho de 1916, em Buenos Aires, onde o Uruguai venceu por 2 x 1, no 1º Campeonato Sul-Americano, que passou a ser Copa América em 1975.

BRASIL x URUGUAI da noite de hoje (6) será no Allegiant Stadium, de 72.500 lugares, em Las Vegas, com arbitragem argentina: Dario Herrera terá como assistentes Juan Beletti e Cristian Navarro, e o VAR será monitorado pelo mexicano Guillermo Pacheco. Uruguai e Argentina ganharam 15 vezes a Copa América. O Brasil ganhou 9.

BRASIL x URUGUAI deste primeiro sábado (6) de julho vale como desempate na estatistica de 26 jogos que disputaram na Copa América, com nove vitórias de cada seleção e oito empates.

O TÉCNICO Marcelo “El Loco” Bielsa, argentino de 68 anos, ex-zagueiro, não fez mistério na escalação do Uruguai: Sergio Rochet, goleiro de 31 anos do Internacional, Nandez, Ronald Araújo, Matias Olivera e Viña, lateral do Flamengo; Ugarte, Valverde e De La Cruz, meia do Flamengo; Pellistri, Maxi Araújo e Darwin Nuñez.

NA FASE DE GRUPOS, o Uruguai marcou 9 gols e sofreu 1, com 100% de aproveitamento: 3 x 1 no Panamá, 5 x 0 na Bolívia e 1 x 0 nos Estados Unidos. O Brasil fez 5 gols e sofreu 2, ao golear o Paraguai por 4 x 1, depois do 0 x 0 na estreia com a Costa Rica, e 1 x 1 com a Colômbia.

ARGENTINA x CANADÁ, 1ª SEMIFINAL

A ARGENTINA, atual campeã, disputará a primeira semifinal com o Canadá, 3ª feira (9), no MetLife Stadium, em Nova Jersey, quarto menor dos 50 estados dos Estados Unidos. Será o confronto de semifinalistas classificados nos pênaltis: a Argentina venceu o Equador por 4 x 2, depois de ceder empate no tempo normal.

O CANADÁ, estreante, eliminou a Venezuela na noite de ontem (5) por 4 x 2, depois de 1 x 1 nos 90 minutos, com seu gol marcado pelo ponta Jacob Shaffelburg, do Nashville SC, da Liga dos Estados Unidos, e o do empate venezuelano por Salomon Rondon, atacante do Pachuca, que abre amanhã (7) a temporada 2024 do México com o Monterrey.

APITADO PELO BRASILEIRO Wilton Sampaio, Canadá 1 (4) x 1 (2) Venezuela foi no AT&T Stadium, em Arlington, subúrbio de Dallas, no Norte do estado do Texas, onde na 6ª feira, 22 de novembro de 1963, o presidente John Kennedy foi assassinado por dois tiros do fuzileiro naval Lee Oswald, enquanto fazia campanha à reeleição em carro aberto.

Fotos: copa América