A seleção brasileira ganhou de virada (3 x 2) da França na noite desta quinta (14) e decide domingo (17) o Mundial sub-17 com o México, que na outra semifinal venceu a Holanda (4 x 3, nos pênaltis, após 1 x 1 em 120 minutos). O gol da classificação do Brasil foi do meia Lazaro, artilheiro e campeão brasileiro sub-17 de 2019 pelo Flamengo.

14 ANOS DEPOIS – Brasil e México voltarão a decidir o Mundial sub-17, depois da única final que fizeram em 2005, no Estádio Nacional de Lima, no Peru, onde os mexicanos conquistaram seu primeiro título vencendo (3 x 0) com facilidade. O México foi campeão pela segunda vez em 2011, derrotando (2 x 0) o Uruguai, em decisão diante de 98 mil torcedores enlouquecidos, no monumental Estádio Azteca, da Cidade do México. 

OS TRÊS DO BRASIL – O Mundial sub-17 foi disputado pela primeira vez em 1985, na China, e a Nigéria foi campeã, tornando-se depois a maior vencedora com cinco títulos. O Brasil foi campeão em 1997, vencendo Gana (2 x 1) na final; em 1999, com 8 x 7 nos pênaltis com a Austrália, após 0 x 0 em 120 minutos, e em 2003, com 1 x 0 na Espanha.

GRANDE VIRADA – Diante de 14 mil torcedores no estádio Bezerrão, na cidade administrativa do Gama, a 30 km de Brasília, na noite desta quinta (14), o Brasil saiu perdendo (2 x 0) no intervalo, com os gols de Kalimuendo Muinga, do PSG, logo aos 7 minutos, e Nathanael Mbuku, do Reims, aos 13, o mais bonito dos cinco gols da noite, após passar por três marcadores.

NO SEGUNDO TEMPO, o atacante Kaio Jorge, do Santos, marcou de cabeça aos 13, em lance confirmado pelo VAR, e o norte-riograndense Gabriel Veron, atacante do Palmeiras, empatou aos 31, após rebote do goleiro Minga. A França teve gol de Matsima, bem anulado por impedimento, aos 43, e o gol da virada do Brasil foi de Lazaro aos 44.

ARTILHEIRO E CAMPEÃO – Lazaro Vinícius Marques, único mineiro da seleção sub-17, é de 12 de março de 2002, nascido em Belo Horizonte. Foi cedo para a base do Flamengo e ganhou o Campeonato Brasileiro de 2019, com duas vitórias sobre o Corinthians (4 x 2, de virada), no Pacaembu, e 2 x 1, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica, na Grande Vitória.

LAZARO marcou dois gols no segundo tempo do primeiro jogo, no Pacaembu, onde o Flamengo saiu perdendo (2 x 0) no intervalo para o Corinthians, e fez o primeiro gol no segundo jogo, diante de 17 mil torcedores, em Cariacica, maioria de rubro-negros no Espírito Santo. “Foram os jogos marcantes do meu início de carreira e espero muito mais” – resume, e diz gostar muito de Cristiano Ronaldo: “Meu espelho, não só por ser grande artilheiro, mas muito simples e humilde”.

Foto: Portal T5