O volante paranaense Fernandinho, de 35 anos, igualou-se neste último domingo (25) de abril ao atacante argentino Sergio Aguero, de 32 anos, como maior vencedor da Liga Inglesa, com seis títulos, na vitória do Manchester City, campeão pela quarta vez consecutiva, sobre o Tottenham de Londres por 1 x 0, gol de cabeça do zagueiro francês Aymeric Laporte, de 26 anos, 1,91m, após cruzamento do meia belga Kevin De Bruyne, de 29 anos, aos 37 minutos do segundo tempo.

COM PÚBLICO – A novidade do jogo único da decisão da Liga Inglesa foi a presença de oito mil torcedores, menos de 10% da capacidade de 90 mil lugares do estádio de Wembley, nos arredores de Londres, o que deixou feliz o técnico espanhol Josep Guardiola: “Foi bom ver e ouvir de novo a vibração dos torcedores”. Aos 50 anos, Guardiola completou 30 títulos como técnico, desde 2008, igualando-se a Valeriy Lobanovskiy – 1939-2002 -, o mais famoso treinador de todos os tempos do Dinamo de Kiev.

DESTAQUES – Os paulistas Ederson, goleiro de 27 anos, e Gabriel Jesus, atacante de 22 anos, titulares nos últimos jogos da seleção, também tiveram participação destacada. Fernandinho, capitão da equipe, joga no City desde 2013 e deve deixar o clube no final da temporada, em junho, possivelmente para encerrar a carreira no Athletico Paranaense. O atacante Aguero, de 32 anos, joga no City desde 2011 e também está de saída, mas ainda não sabe em que equipe jogará em 2021-2022.

BOM LEMBRAR – Além de Mundiais de clubes, Guardiola foi campeão espanhol no Barcelona, como jogador e técnico; campeão alemão no Bayern Munique e campeão inglês no Manchester City. Na próxima quarta (28) ele estará no Parque dos Principes, em Paris, para o primeiro jogo com o PSG, pelas semifinais da Liga dos Campeões, único título que lhe falta no currículo. O City igualou-se ao Liverpool como o maior vencedor da Liga Inglesa com oito títulos, os quatro últimos consecutivos.

CONFRONTO – Aguardado com intensa expectativa entre os árabes, o confronto PSG x Manchester City, pela vaga na final da Liga dos Campeões, que o PSG tenta pelo segundo ano consecutivo, é uma disputa acirrada entre o Catar e os Emirados Árabes Unidos. O Fundo de Investimento do Catar comprou o PSG e tirou Neymar do Barcelona por 222 milhões de euros. Os Emirados Árabes Unidos são donos do Manchester City, que figura entre os cinco clubes mais ricos do mundo.

LÁ E CÁ – Faltando quatro rodadas, o PSG tenta o décimo título de campeão francês, quarto consecutivo, em disputa acirrada com o Lille, que só ganhou três títulos, o último em 2010-2011. Na volta de Neymar, após dois jogos de suspensão, o PSG venceu o Metz, fora de casa, por 3 x 1, com dois gols de Mbappé, mas o Lille recuperou a liderança ao vencer, também como visitante, o Lyon (3 x 2). O Lille tem 73 pontos e o PSG, 72. Em terceiro, com 71, o Mônaco mantém a esperança do título.

Foto: UOL