No dia em que completou 73 jogos pelo time e 50 na Premier League, um dos campeonatos mais importantes do mundo, o volante Fabinho, de 26 anos, paulista de Campinas, foi um dos destaques dos 4 x 0 do Liverpool sobre o Crystal Palace, nesta quarta (24), no estádio Anfield Road, pela trigésima primeira rodada. Ele deu linda assistência para o egípcio Salah fazer o segundo gol, e marcou o terceiro, em finalização primorosa de longa distância. O lateral Alexander-Arnold, em bela cobrança de falta, e Mané completaram a goleada do time, que será campeão nesta quinta (25), se o City não vencer o Chelsea, em Londres.

CASO RARO – Fabinho foi campeão brasileiro de 2012 pelo Fluminense, sem ter entrado em campo. Ele não saiu da reserva na vitória (1 x 0, gol de Leandro Eusébio), no Pacaembu, sobre o Corinthians, dirigido por Tite, que completou o quarto jogo sem vitória. Logo foi negociado com o Rio Ave, de Portugal, saindo para o Real Madrid B e emprestado ao francês Mônaco, após poucos jogos como titular. Foi comprado pelo Liverpool, em 28 de maio de 2018, por 45 milhões de euros (220 milhões de reais).

23 PONTOS – Com os 4 x 0, o Liverpool voltou a ter 23 pontos a mais que o Manchester City (86 a 63), que precisa vencer o Chelsea, quarto com 51 pontos e aspirante à última vaga da Champions League em 2020-21, para que o Liverpool não conquiste por antecipação o primeiro título da Premier League, criada em 1992. O jogo será no Stamford Bridge, na região central de Londres, onde a seleção brasileira empatou (1 x 1) com a Rússia, em amistoso, em 25 de março de 2013.

O DESTINO – Mesmo que o City ganhe do Chelsea, o destino pode reservar a conquista do título do Liverpool para o confronto direto da primeira quinta (2) de julho, no Etihad Stadium, em Manchester, onde o Liverpool só precisaria do empate com o Manchester City para comemorar. Os líderesAlisson, Alexander-Arnold (Williams), Joe Gomez, Van Dijk e Robertson (Elliot); Fabinho, Henderson (Oxalade-Chamberlain) e Wijnaldum); Salah, Firmino (Minamino) e Mané (Keita), os quase campeões, sob a direção do técnico alemão Jurgen Klopp.

Fotos: ESPN, Trivela, Facebook do Liverpool F C