O meia brasileiro Lucas Moura, paulistano de 27 anos, entrou neste sábado (13) para a história do mais novo e caro estádio da Inglaterra, ao se tornar o primeiro a fazer três gols no Tottenham Hotspur Stadium, no norte de Londres, recém inaugurado ao custo de 1 bilhão de libras – moeda mais valorizada do mundo -, o equivalente a 5 bilhões de reais! Lucas foi aplaudido de pé pelos 58.308 torcedores e pediu a todos os companheiros que autografassem a bola, presente para todos os que marcam três gols em um único jogo do Campeonato Inglês. O Tottenham goleou (4 x 0) o lanterna Huddersfield e se manteve em terceiro.

ABRAÇOS ESPECIAIS – O técnico argentino Maurício Pochettino, de 47 anos, foi o primeiro a abraçar Lucas Moura na saída do campo. O meia brasileiro passou a ser o terceiro artilheiro do Tottenham na temporada 2018-2019 com 12 gols, depois do coreano Son – autor do primeiro gol no novo estádio -, com 18, e do inglês Harry Kane – artilheiro da Copa do Mundo de 2018 -, que foi abraçá-lo no vestiário. Lucas está no lugar de Kane, em recuperação de problema grave no tornozelo esquerdo, usando muletas.

Foto: UOL Esporte

CAMBALHOTA – Lucas Moura marcou os três últimos gols dos 4 x 0 do Tottenham, no segundo tempo, com assistências do meia francês Moussa Sissoko, do meia dinamarquês Christian Eriksen e do coreano Son. O primeiro da goleada foi do volante africano Victor Wanyama, de 27 anos, 1,88m, melhor jogador e capitão da seleção do Quênia, que também vibrou com o feito do meia brasileiro. O Tottenham chegou aos 67 pontos, à frente dos dois outros times de Londres, o Arsenal (66) e o Chelsea (63). Na comemoração do seu terceiro gol, Lucas Moura deu uma cambalhota!

SÓ DOIS TIMES – Lucas Rodrigues Moura da Silva nasceu na capital paulista em 13/8/92 e passou pelas divisões de base do Juventus, Corinthians e São Paulo, que o profissionalizou em 2010, após ganhar a Copa São Paulo de juniores. Depois de 128 jogos e 33 gols, saiu do São Paulo em 2013 para o Paris Saint Germain – 229 jogos, 46 gols -, que defendeu até 2018, quando assinou com o Tottenham, em janeiro, até 2023. Neste seu sábado especial, completou 51 jogos com 13 gols marcados pelo time inglês.

Foto: standard.co.uk/Getty Images