O atacante egípcio Mohamed Salah, 27 anos, 1,75m, canhoto que joga mais pela direita, foi o destaque dos 3 x 1 do Liverpool sobre o Arsenal, na tarde deste sábado (24), no estádio Anfield, diante de 54.074 torcedores, pela terceira rodada da Premier League. Salah marcou dois gols e deu um passeio no zagueiro brasileiro David Luiz.

UM SHOW – O Liverpool saiu para o intervalo com 1 x 0, gol do zagueiro Joel Matip, 28 anos, 1,95m, filho de africano e alemã, de cabeça, após o escanteio do lateral Alexander-Arnold. Logo aos cinco do segundo tempo, Salah foi puxado pela camisa por David Luiz e fez 2 x 0 convertendo o pênalti. No terceiro gol, aos 15, Salah deixou David Luiz longe no pique. Aos 40, o meia uruguaio Lucas Torreira fez o gol do Arsenal.

UM RECORDE – O Arsenal igualou com os 3 x 1 o recorde de 12 vitórias consecutivas, que só havia conseguido no Campeonato Inglês em 1990, dirigido por Kenny Dalglish, meia-atacante escocês, que fez 179 gols em 502 jogos e ganhou oito campeonatos, e depois foi técnico em 307 jogos e ganhou três campeonatos, entre 1985 e 1991.

O Liverpool, vice-campeão inglês e campeão da Liga dos Campeões da Europa em 2018-19, marcou no Arsenal 18 gols nos últimos cinco jogos no estádio Anfield. O time de Londres completou nove jogos sem vencer o Liverpool.

BRASILEIROS – Enquanto o goleiro Alisson – titular da seleção brasileira não tem previsão de volta, após a contusão sofrida na estreia -, o volante Fabinho e o atacante Firmino fizeram boa apresentação. Fabinho muito seguro no desarme e Firmino até alterando um pouco a caracteristica, com boas assistências e sem tanta presença na área.

2 CARTÕES, 13 FALTAS – O árbitro Anthony Taylor, 40 anos, na Liga Inglesa desde 2010 e na FIFA em 2013, mostrou só dois cartões amarelos – sua média por jogo -, advertindo o zagueiro holandês Van Dijk e o volante Fabinho, por faltas, no segundo tempo. Taylor marcou 13 faltas (8 do Liverpool). Ele foi o árbitro das duas últimas finais da Copa da Inglaterra.

LIVERPOOL – Adrián, Alexander-Arnold, Joel Matip, Van Dijk e Robertson; Henderson, Fabinho e James Milner; Salah, Firmino (Lallana, 41 do segundo tempo) e Chamberlain. O técnico alemão Jurgen Klopp, 52 anos, repetiu o que faz ao fim de todos os jogos: abraçou jogadores do seu time e do adversário, e chegou o mais próximo dos torcedores para retribuir os aplausos.

O Liverpool lidera a Premier League com 100% de aproveitamento – 3 vitórias em 3 jogos – e será visitante na quarta rodada, sábado (31), com o Burnley, que joga amanhã (25) fora de casa com o Wolverhampton. O Arsenal fará o clássico londrino da quarta rodada com o Tottenham, domingo (1), no Emirates Stadium, com os 60.260 lugares ocupados.

Foto: LFC Live