O MEIA CATARINENSE JORGINHO, da seleção italiana, campeão e melhor jogador da Europa em 2021, liderou a goleada  do Chelsea sobre o sueco Malmo, por 4 x 0, na noite de ontem (20), no estádio Anfield Road, deixando o time azul de Londres na vice-liderança do Grupo H da Liga dos Campeões. Ele marcou dois gols de pênalti e os outros foram do meia alemão Kai Havertz e do zagueiro dinamarquês Andreas Christensen, que fez o primeiro gol em 136 jogos pelo Chelsea.

A LÍDER DO GRUPO H é a Juventus, que teve vitória sofrida em São Petersburgo sobre o Zenit, hexacampeão russo, por 1 x 0, gol de cabeça do meia sueco Dejan Kulusevski, de 21 anos, aos 41 do segundo tempo. O meia Claudinho, ex-Bragantino, foi dos melhores do jogo, obrigando o goleiro polonês Szczesny a duas defesas difíceis, uma delas com chute forte da entrada da área, no ângulo. A Juventus lidera com 9 pontos e o Chelsea tem 6.

NO GRUPO G, O LÍDER SALZBURG venceu na Áustria o alemão Wolfsburg por 3 x 1, em jogo bem disputado e que teve como destaque o meia suíço Noah Okafon, de 21 anos, autor de dois belos gols.No outro jogo do Grupo G, no estádio Pierre-Mauroy, no Norte da França, o Lille, atual campeão francês, exerceu domínio, mas não saiu do 0 x 0 com o Sevilha. Líder e vice-líder estão entre os sete invictos.

NAS TRÊS PRIMEIRAS RODADAS da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa foram marcados 144 gols em 48 jogos, média de 3 gols por jogo. O artilheiro é o franco-argelino Sébastien Haller, do Ajax, com 6 gols. Lewandowski (Bayern), Salah (Liverpool), Traoré (Sheriff) e Antonio Colak (Malmo) marcaram 5 gols. Dos 32 times, sete invictos: PSG, Juventus, Salzburg e Juventus, mais os três que ganharam todos os jogos: Liverpool, Ajax e Bayern, com ataque mais positivo (12). Bayern e Juventus, únicos que ainda não sofreram gol. 

Foto: UOL