O gol do volante Casemiro, titular da seleção brasileira, no último lance do primeiro tempo, manteve o Real Madrid na liderança isolada de La Liga, ao vencer (1 x 0) o Espanyol, no estádio RCDE, em Barcelona, a 505 km de Madrid, na noite deste último domingo (28) de junho. O gol nasceu de um passe primoroso do artilheiro francês Benzema, da linha de fundo, com toque de calcanhar, entre as pernas do zagueiro uruguaio Leandro Cabrera, que Casemiro concluiu na pequena área.

CASEMIRO, de 28 anos, paulista de São José dos Campos, formou-se na base do São Paulo e está no Real Madrid desde 2013, com três títulos mundiais de clubes e quatro Champions League, em que figurou entre os destaques das finais de 2017 – 4 x 1 na Juventus, marcando um gol – e 2018, nos 3 x 1 no Liverpool. Ele voltou ao time após cumprir suspensão pelo quinto cartão amarelo, advertido em cinco jogos consecutivos. O retorno não poderia ter sido melhor, com boa atuação e o gol da vitória.

CASEMIRO e o lateral-esquerdo Marcelo, também com bom desempenho, foram titulares do início ao fim. Os atacantes Rodrygo, ex-Santos, e Vinícius, ex-Flamengo, entraram juntos aos 18 do segundo tempo, mas não tiveram boa atuaçãoRodrygo substituiu o espanhol Isco, e Vinícius, o belga Hazard. Foram as únicas substituições feitas pelo técnico francês Zinèdine Zidane, embora com direito a cinco. Zidane se apresentou na área técnica muito elegante, em traje completo, todo preto.

SEIS RODADAS – O Real Madrid lidera com 71 pontos, dois a mais que o Barcelona (69), faltando seis rodadas, em que jogará em casa com o Getafe, quinta (2), Alavés e Villarreal, e fora com Atlético de Bilbao, Granada e Leganés. O time que venceu hoje (28) o Espanyol: Courtois, Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Kroos e Valverde; Isco (Rodrygo), Benzema e Hazard (Vinícius). O árbitro Mateo Lahoz marcou 32 faltas (13 do Real Madrid) e aplicou dois amarelos, no volante espanhol Pedrosa, do Espanyol, e em Vinícius.

Fotos: site do Real Madrid FC