O ATACANTE ROBERTO FIRMINO substituiu o português Diogo Jota, no intervalo, e marcou de cabeça o 1º gol dos 2 x 0 do visitante Liverpool sobre a Inter, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na noite desta 4ª feira (16), no estádio Giuseppe Meazza, em Milão. O 2º gol foi do egípcio Mohammed Salah. A equipe inglesa dominou a maior parte do jogo e venceu sem levar susto.

O TÉCNICO ALEMÃO JURGEN KLOPP, ex-zagueiro de 54 anos, no Liverpool desde 2015, completou 88 jogos na Champions e entrou na galeria dos oito técnicos com 50 vitórias, ou mais, no maior torneio de clubes do mundo. Os outros sete são Alex Ferguson, ex-Manchester United, Arsène Wenger, ex-Arsenal, Van Gaal, ex-Ajax, Rafael Benitez, José Mourinho, Carlo Ancelotti e Josep Guardiola. 

O LIVERPOOL É O 3º CLUBE da carreira de 21 anos de técnico de Jurgen Klopp, que dirigiu o Mainz de 2001 a 2008, e foi bicampeão em 2010-11 e 2011-12 no Borussia Dortmund, que há nove anos não ganhava o título. Klopp chegou ao 348º jogo, com 209 vitórias, desde a estreia em 8 de outubro de 2015. Foi campeão da Liga dos Campeões e do Mundial de clubes em 2019 e campeão inglês em 2020.

ALÉM DE ROBERTO FIRMINO, que marcou belo gol de cabeça, após escanteio do ala inglês Robertson, aos 30 minutos, o goleiro Alisson, pouco exigido, esteve bem. Os meias Fabinho e Tiago Alcântara entraram durante o 2º tempo. Não há brasileiro na Inter, campeã italiana, do técnico Simone Inzaghi. O Liverpool se classifica, mesmo perdendo por um gol, no jogo de volta, dia 8 de março, em seu estádio Anfield Road.

EMPATE DOS TÉCNICOS MAIS JOVENS

SALZBURGO E BAYERN MUNIQUE empataram em um gol, no jogo dos técnicos mais jovens da Champions League, ambos alemães e ex-zagueiros, na noite desta 4ª (16), na Arena Salzburgo, na Áustria. Matthias Jaissle, do Salzburg, tem 33 anos, e Julian Nagelsmann, 34. O lisboeta Ruben Amorim, do Sporting, tem 37, e Nelson Veríssimo, do Benfica, 44. Simone Inzaghi, da Inter de Milão, é o 5º mais jovem com 45 anos.

OS ANALISTAS DO “BILD”, mais antigo jornal alemão, que significa “Imagem” ou “Espelho”, escreveram que o jogo só poderia ter acabado em empate. Afinal, os técnicos se conhecem a fundo: Jaissle foi assistente de Nagelsmann, e ambos, com carreira curta, por lesões graves no joelho, se inspiram em outro alemão, Thomas Tuchel, de 48 anos, do Chelsea, campeão do mundo ao vencer o Palmeiras.

NO ÚNICO GRAMADO SINTÉTICO DA ÁUSTRIA, o Salzburgo fez 1 x 0, gol do atacante nigeriano Adamu, de 20 anos, aos 21 minutos, e manteve a vantagem até os 45 do 2º tempo, quando o ponta francês Coman, de 25 anos, empatou, após lançamento do ala Pavard, com desvio de Muller. O Bayern havia feito 22 gols na fase de grupos e vinha de 22 vitórias consecutivas, mas teve que se contentar com o empate. 

ALGO RARO ACONTECEU NO JOGO: o artilheiro Robert Lewandowski, muito bem marcado, não conseguiu sequer um chute em gol, mas os observadores não têm dúvida de que tudo será diferente no jogo de volta, dia 8 de março, na Allianz Arena, em Munique. Outro empate, por qualquer placar, levaria à prorrogação, e até aos pênaltis, para a classificação às quartas de final.

Foto: Terra | Photo by Shaun Botterill/Getty Images