O inédito heptacampeonato que o Bayern de Munique ganhou neste penúltimo sábado (18) de maio, com a goleada (5 x 1) sobre o Eintracht Frankfurt, diante de 75 mil torcedores – lotação máxima da Allianz Arena, em Munique -, marcou também a despedida do lateral brasileiro Rafinha, de 33 anos, depois de oito temporadas em seu último clube na Europa. Também se despediram o atacante holandês Arjen Robben, de 35 anos, e o atacante francês Franck Ribéry, de 36 anos, que chorou muito.

MOLDURA ESPECIAL – O Bayern ofereceu uma moldura especial com as fotos dos três jogadores que encerraram a carreira no clube, entregue à beira do gramado, antes do jogo. Rafinha, o Marcio Rafael Ferreira de Souza Cunha, paranaense de Londrina, 33 anos (7/9/1985), 1,72m, destro, jogou na Europa desde 2005, após iniciar no Coritiba (50 jogos, 6 gols, em 2003). No Schalke-04 de 2005 a 2010, 163 jogos, 11 gols. No Genoa, 37 jogos, 2 gols, de 2010 a 2011, e no Bayern, de 2011 a 2019, 265 jogos, 6 gols.

ARJEN ROBBEN, holandês de 35 anos, 1,80m, canhoto, jogou no Bayern de 2009 a 2019 – 308 jogos, 144 gols -, depois de iniciar no Groningen e PSV (Holanda), no Chelsea e no Real Madrid. Na seleção holandesa, 37 gols em 96 jogos, de 2003 a 2017. FRANCK RIBÉRY, francês de 36 anos, 1,70m, destro, jogou no Bayern de 2007 a 2019 – 424 jogos, 124 gols -, depois do Metz e Olympique de Marselha (França) e Galatasaray (Turquia) . Na seleção francesa, 81 jogos, 16 gols, de 2006 a 2014.

ÚLTIMO TIME – Na última rodada, o Bayern teve Manuel Neuer (cap), Kimmich, Sule, Hummels e Alaba; Goretzka (Renato Sanches, 36 do primeiro tempo), Tiago Alcântara e Gnabry (Robben, 21 do segundo tempo); Thomas Muller, Coman (Ribéry, 15 do segundo tempo) e Lewandowski. Técnico – Niko Kovac, croata de 47 anos, ex-volante, que conduziu o time, em toda a temporada 2018-19, em 48 jogos, com apenas quatro derrotas. Levou um banho de cerveja dos jogadores!

29 TÍTULOS – Quarto clube mais rico do mundo, com capital superior ao equivalente a R$5 bilhões, o Bayern tem o nome da capital do estado da Baviera – Munique -, no extremo sul da Alemanha, e comemora em 2019 seus 119 anos de fundação (27/2/1900). Recordista de títulos (29), desde o primeiro em 1931-32, até chegar ao inédito heptacampeonato, com 78 pontos – 24 vitórias, 6 empates, 4 derrotas, 88 gols pró e 32 gols contra, saldo de 56 gols -, e 76,5% de aproveitamento.

A GOLEADA – Neste sábado (18) de muita festa em Munique, o Bayern fez 1 x 0 logo aos três minutos com o gol de Coman. Na volta do intervalo, Haller empatou, mas em 25 minutos o campeão marcou três gols: Alaba aos 7, Ribéry aos 26 e Robben aos 32, o mais bonito, ao driblar dois marcadores e encobrir o goleiro alemão Kevin Trapp, de 28 anos, 1,90m. O segundo gol havia sido marcado aos 12 pelo volante português Renato Sanches, que substituiu Goretzka, que saiu contundido.

MOSAICO – Os torcedores fizeram belíssimo mosaico para homenagear a despedida de Rafinha, Robben e Ribéry, que participou da campanha inteira dos sete títulos consecutivos do Bayern, desde 2012-2013. O Bayern, mais uma vez, será o mais importante representante alemão na Liga dos Campeões da Europa – maior torneio de clubes do mundo -, em 2019-2020. As outras duas vagas serão do vice-campeão Borussia Dortmund e do Bayer Leverkusen, terceiro colocado.

NOVO ANUNCIANTE – Como só acontece em país organizado, a partir da temporada 2019-2020, que começa em agosto, após as férias coletivas dos jogadores, o Bayern terá novo anunciante master na camisa, acertado há um ano: AUDI, empresa alemã que faz parte da Volkswagen (Carro do povo), depois de ter a marca da TELEKOM durante os últimos sete anos. A Audi será mais um dos muitos anunciantes que rendem fortuna anual ao Bayern.

DESDE 1634 – Outro anunciante importante do clube é a PAULANER, cerveja mais tradicional da Alemanha, desde 1634. É a única de que os torcedores desfrutam em todos os eventos do clube, não só na Allianz Arena, como se viu na festa do heptacampeonato neste sábado (18). Bem orientados pelo marketing do Bayern, os jogadores mostravam o nome da cerveja nos copos, enquanto davam banho no técnico e nos companheiros pela inédita conquista.

ARCO IRIS – Um dia depois da celebração do Dia Internacional LGTB, muito comemorado em toda a Alemanha, o Bayern homenageou a todos os gays do país, colocando nas quatro bandeirinhas de escanteio as cores do Arco Iris, simbolizando lésbicas, gays e transsexsuais. Os alemães também mandaram mensagem especial a todos do Taiwan, primeiro país da Ásia a oficializar o casamento de pessoas do mesmo sexo.

Fotos: site Correio24horas.com.br e Torobá News