Com boa atuação e marcando gol, o atacante paraibano Tiquinho Soares e o lateral gaúcho Alex Teles brilharam na goleada (5 x 0) da noite deste domingo (5), no estádio do Dragão, onde o Porto manteve a vantagem de seis pontos (73 a 67) sobre o vice-líder Benfica, que na noite anterior havia ganho (3 x 1) do Boavista, no estádio da Luz. Foi a vigésima terceira vitória do Porto em 30 rodadas, com saldo de 44 gols (62 a 18). Faltam apenas quatro rodadas para o final do Campeonato Português.

SEIS MESES – Tiquinho Soares marcou de cabeça o primeiro dos 5 x 0 aos 23 minutos – seu oitavo gol no campeonato -, seis meses depois de ter feito o último gol, em 1 de fevereiro, no estádio do Bonfim, nos 4 x 0 no Vitória de Setúbal. O Porto ainda teve um gol anulado no primeiro tempo pelo árbitro Rui Oliveira, que confirmou no VAR o impedimento do meia colombiano Mateus Uribe. O goleiro africano Hervê Koffi, de 23 anos, 1,86m, nascido em Burkina Faso, impediu a goleada no primeiro tempo.

MAIS QUATRO – Na volta do intervalo, o Porto aumentou o ritmo e o franco-malinês Moussa Marega, de 29 anos, fez 2 x 0 aos 13, após lançamento do ponta mexicano Jesus Corona. O lateral Alex Dias marcou seu décimo gol no campeonato, aos 30,  convertendo o pênalti do meia sul-africano Cafu Phete no meia colombiano Luis Diaz. O estreante Fabio Vieira, de 20 anos, nascido no Porto, fez 4 x 0 em bela cobrança de falta aos 37, e Luis Diaz, de fora da área, fechou a goleada aos 47 minutos.

OS LÍDERES – Sob a direção do técnico Sergio Conceição, de 45 anos, o Porto utilizou quatro substituições: Marchesin, Manafá, Mbemba, Pepe e Alex Telles; Otávio (Fabio Vieira), Uribe (Vitor Ferreira), Sergio Oliveira e Corona (Luis Diaz); Tiquinho Soares (Fabio Silva) e Marega. O FC ganhará o campeonato com duas rodadas de antecedência, se vencer fora de casa o Tondela, na próxima quarta (8) e o Benfica, também como visitante, perder no dia seguinte para o Famalicão.

Fotos: Octavio Passos/Getty Images, Sapo Desporto e Esporte Fantástico.