Escolha uma Página

Foto: REUTERS/Zoubeir Souissi

O Espérance Sportive de Túnis, 28 vezes campeão da Tunísia, ganhou na noite desta sexta (9) a Copa da África, ao vencer (3 x 0) o Al Ahly, 40 vezes campeão do Egito, e será adversário do campeão da Libertadores – Boca ou River -, nas semifinais do Mundial de clubes, em dezembro, nos Emirados Árabes Unidos. O Espérance havia perdido (3 x 1) o jogo de ida, no Cairo, e esta noite conseguiu a classificação, por um gol de vantagem, com os gols de Saad  Bguir (2) e Anice Badri.

Foto: site as.com

Os 60 mil torcedores que lotaram o estádio de Radès, uma das mais importantes cidades portuárias do país, a nove quilômetros da capital Túnis, nordeste da Tunísia, na África do Norte, o mais liberal dos países árabes, onde as mulheres têm os direitos civis garantidos, foram ao delírio pela volta do time ao Mundial de clubes, sete anos depois de ter ficado com o sexto lugar em 2011.

BRASILEIROS – Em sua história, que completará 100 anos em 2019, o Espérance Sportive de Túnis – fundado em 15/1/1919 -, teve dois ex-grandes jogadores brasileiros como técnicos: Amarildo, campeão no Botafogo e na Copa de 62, quando substituiu Pelé, que se contundiu, e Cabralzinho, meia do último título carioca do Bangu, em 1966. Ele dirigiu o Espérance de agosto a dezembro de 2007 e voltou em maio de 2008. Amarildo foi o técnico de 1985 a 1987.

Foto: worldfootball.net

NO CAFÉ – Um dos quatro mais populares e bem-sucedidos times da Tunísia, o Espérance foi idealizado por dois amigos, que se sentaram em um café, no bairro Bab Souika, em Túnis, e deram o nome de Café de l’Espérance ao clube, assim registrado uma semana depois. As cores iniciais eram verde e branco, mas um universitário amigo deles fez o desenho da camisa, logo aprovada, com listras verticais largas em vermelho e amarelo. Sem café, só Espérance Sportive Túnis.

ESPÉRANCE disputou quatro finais da Liga dos Campeões Árabes e foi campeão em 93 e 2009, ficando com o vice em 86, dirigido por Amarildo, e 95. O técnico atual é Khaled Ben Yahia, 58 anos, nascido em Túnis, onde atuou pouco tempo no meio-campo de times amadores. O presidente é um dos empresários mais bem-sucedidos da África, Mohamed Meddeb, 66 anos, líder da indústria de laticínios da Tunísia, e sócio do conglomerado LG Group, da Coreia do Sul.