Escolha uma Página

Foto: Mario Mandzukic / worldsoccertalk.com

Cristiano Ronaldo foi o garçom do croata Mario Mandzukic, que classificou a Juventus, campeã da Itália, com o 1 x 0 da noite desta última terça (27) de novembro, sobre o Valencia, que acabou eliminado, em Turim. O gol foi aos 13 do segundo tempo e a Juventus dominou a maior parte do jogo do Grupo H, assistido por 39.070 torcedores, no estádio da Juventus, que parou em boas defesas do goleiro brasileiro NetoO atacante carioca Rodrigo não esteve em boa jornada.

VITÓRIA 100 – Cristiano Ronaldo, recordista de gols (121) do maior torneio de clubes do mundo, estabeleceu na noite desta terça (27), em Turim, uma nova marca na Liga dos Campeões: sua centésima vitória, em quinze anos de disputa. O notável atacante português estreou aos 17 anos e só não venceu pelo Sporting de Lisboa. Foi campeão da Liga pelo Manchester United – 292 jogos, 118 gols -, pelo Real Madrid – 438 jogos, 450 gols – e agora na Juventus completou a vitória 100, após 17 jogos e 10 gols com a camisa do time italiano.

COINCIDÊNCIA – Quando o árbitro escocês William Collum apitou o final de Juventus 1 x 0 Valencia, no outro jogo do Grupo H, o árbitro alemão Felix Brych deu três minutos de acréscimos no estádio Old Trafford, onde o meia belga Fellaini, 31 anos, aproveitou para marcar o único gol do jogo, aos 47, classificando o Manchester United, do técnico português José Mourinho e eliminando o Valencia, do técnico espanhol Marcelino Toral.

O PRIMEIRO – Com dois pontos de vantagem sobre o Manchester United (12 a 10), a Juventus tem tudo para confirmar o primeiro lugar do Grupo H, na rodada final, dia 12, quando jogará na Suíça com o Young Boys, já eliminado. O Manchester United, que também será visitante no jogo com o Valencia, no estádio Mestalla, ficará com a segunda vaga, o que era esperado desde o sorteio da fase de grupos.