Trinta e cinco vezes campeã italiana, desde 1905, a Juventus deve ampliar hoje (23) o recorde de títulos consecutivos, ao ganhar o nono, no jogo com a Udinese, no estádio Friulli, em Udine, a 513 km de Turim. Se chegar aos 83 pontos, o time de Cristiano Ronaldo, empatado na artilharia com Ciro Immobile, da Lazio, não poderá ser mais alcançado pela vice-líder Atalanta, com 74 pontos, faltando só duas rodadas, em que jogará em casa com a Sampdoria e como visitante com o Cagliari.

0 x 0 AJUDOU – A Juventus contou com a ajuda da Inter para poder ganhar o título com duas rodadas de antecedência, porque a Inter não saiu do 0 x 0 com a Fiorentina, ontem (22), em Milão. O técnico Antonio Conte, ex-volante de 50 anos, viu seu time ser bem neutralizado pela Fiorentina, que adiantou a marcação, seguindo a orientação de seu ex-meia Giuseppe Iachini, técnico de 56 anos. A Inter poderia ter subido à vice-liderança, mas terminou a rodada 35 em terceiro a um ponto (73 x 74) da Atalanta.

Lautaro Martinez, atacante argentino de 22 anos, 1,74m, na Inter desde 2018, é a grande decepção da temporada. Ele só entrou no segundo tempo e nada produziu. Nos últimos 11 jogos marcou apenas 2 gols, após a volta do campeonato, depois da pandemia do novo coronavírus, com atuações que não têm justificado o investimento do clube. 

TRÊS PÊNALTIS – No complemento da rodada 34, ontem (22), o Parma venceu (2 x 1) o Napoli, no estádio Ennio Tardini, com todos os gols de pênaltis. O atacante romano Gianluca Caprari fez 1 x 0 aos 48 do primeiro tempo, em falta do lateral português Mario Rui no zagueiro italiano Alberto Grassi, que na volta do intervalo fez pênalti com a mão aos 9 e o ponta Lorenzo Insigne converteu no gol do Napoli. O da vitória do Parma, no terceiro pênalti, foi do sérvio Dejan Kusulevski, aos 39.

FAVORITO – Udinese e Juventus farão o confronto 98 no Italiano, com 64 vitórias da Juventus, 12 da Udinese e 21 empates. Em casa, no atual campeonato, a Udinese só ganhou 5 dos 34 jogos, sofrendo 48 gols e marcando 32. A Juventus, fora de casa, venceu 17 dos 34 jogos, empatando 3 e perdendo 4, com 29 gols a favor e 22 contra. Favorito, o time da Juventus vai comemorar seu 36º título, com ampla vantagem sobre a Inter (19, o último em 2009-10) e o Milan (18, o último em 2010-11).

Imagem: Estado Esportes