O Bayern Munique sagrou-se campeão pela oitava vez consecutiva, ao vencer o Werder Bremen, nesta terça (16), no estádio Werserstadion, ainda sem a presença de torcedores, e ao ganhar o trigésimo título, supera a soma (28) dos outros campeões alemães. O gol foi do polonês Robert Lewandowski, aos 43 do primeiro tempo, matando no peito o lançamento de Boateng e finalizando sem deixar a bola cair. Foi o gol 31 em 29 jogos do artilheiro, que já marcou 46 gols em 40 jogos na temporada.

SALDO DE 62 GOLS – Faltando duas rodadas, o Bayern tem 76 pontos – 24 vitórias, 4 empates, 4 derrotas – e seu saldo de gols (62) é superior ao dos outros 16 times. O time fez 93 gols em 32 jogos, média de 2.90 gols por jogo, e sofreu 31, menos de um gol por jogo. A equipe só não marcou em um jogo, na derrota (1 x 0) para o Lepzig. A vitória sobre o Werder Bremen, que deu o título por antecipação, nesta terça (16), foi a sétima, em sete jogos, desde que o campeonato recomeçou após a pandemia do coronavírus.

INVICTO EM 2020 – O Bayern ainda não perdeu este ano, com 18 vitórias e 1 empate. O time não teve dificuldade em superar o quase rebaixado Werder Bremen, penúltimo, com o terceiro pior ataque (35) e a terceira defesa mais vazada (64, mais que o dobro dos 31 gols sofridos pelo Bayern), mesmo com 10 desde os 33 minutos. O lateral-esquerdo australiano Davies foi expulso pelo segundo amarelo, por falta no meio sérvio Milos Veljkovic.

BOM TÉCNICO – O Bayern é dirigido desde novembro pelo seu ex-meia Hans-Dieter Flick, de 55 anos, assistente de Joachim Low na Copa de 2014 ganha pela Alemanha no Maracanã. Flick assumiu o time em quarto lugar, na décima primeira rodada, e em 29 jogos ganhou 26, com três empates. Com a média de quase três gols por jogo, ele faz a melhor campanha de um técnico do Bayern nas últimas seis temporadas, desde quando o espanhol Pep Guardiola assumiu e foi campeão em 2013-2014.

OS OCTACAMPEÕES – Manuel Neuer, Pavard, Boateng, Alaba e Davies; Kimmich, Goretzka, Gnabry (Lucas Hernandez) e Coman; Thomas Muller e Robert Lewandowski. Os meias Tiago Alcântara e Comisso (francês) estão em observação, recuperando-se de contusão. Antes de ser expulso, o lateral-esquerdo australiano Alphonso Davies bateu o recorde de velocidade do atual campeonato, com 36,5 km, esbanjando condicionamento físico. O time todo do Bayern “voa” em campo!

Foto: Paraná Portal