O NAPOLITANO FABIO CANNAVARO, de 48 anos, zagueiro e capitão da quarta Copa do Mundo que a Itália ganhou em 2006, está em fase final de acerto para substituir o português Paulo Sousa, de 51 anos, que será apresentado amanhã (10) como novo técnico do Flamengo. Cannavaro estreou como técnico em 2014-15, no Guangzhou, que dirigiu em três temporadas, e foi substituído por Luis Felipe Scolari, ao assumir a seleção da China. 

POLÔNIA x RÚSSIA será na 5ª feira, 24 de março, no estádio Luzhniki, em Moscou, provavelmente com os 80 mil lugares ocupados. No mesmo dia, a Suécia jogará em casa com a República Tcheca pelo Grupo B. Pelo Grupo A, Escócia x Ucrânia e País de Gales x Áustria, e pelo Grupo C, Itália x Macedônia do Norte e Portugal x Turquia. As finais serão na 3ª feira, 29 de março, quando as três seleções que completarão o grupo europeu na Copa de 2022 serão conhecidas.

ANTES DAS NEGOCIAÇÕES com Cannavaro, a Associação Polonesa de Futebol havia recebido proposta de outro campeão do mundo de 2006, o meia Andrea Pirlo, de 42 anos, sem clube desde que saiu da Juventus em 2020-21. O currículo de Cannavaro foi mais bem avaliado e os poloneses têm interesse em solução rápida para o acerto do contrato, a fim de que ele possa iniciar logo o trabalho. O capitão da seleção é o artilheiro Lewandowski, do Bayern Munique.

FABIO CANNAVARO iniciou a carreira de jogador no Napoli, de 1992 a 1995, e defendeu também o Parma e a Juventus, mas os primeiros títulos foram ganhos no Real Madrid, bicampeão espanhol, 2006-07 e 2007-08. Ele deixou de jogar em 2010-11 no Al-Hilal, da Arábia Saudita. O trabalho mais recente foi o de técnico da seleção chinesa em 2019.

Foto: News TVs 24 English