Escolha uma Página

Foto: Mundo Deportivo

O destaque dos 3 x 1 da noite de ontem (21) da Bélgica sobre a Rússia, na abertura das eliminatórias da Eurocopa 2020, foi o meia Eden Hazard, de 28 anos, capitão da seleção que eliminou o Brasil (2 x 1) na Copa do Mundo de 2018. Nessa Copa, ele bateu o recorde de aproveitamento nos dribles, com 100%, o que não acontecia desde a Copa de 1966 na Inglaterra. Hazard marcou 105 gols em 339 jogos pelo Chelsea, de Londres, que defende desde 2012, idolatrado pelos torcedores.

SHOW E DOIS GOLS – Os belgas já saíram para o intervalo com 2 x 0 e o primeiro gol foi de Eden Hazard, aos 42, convertendo o pênalti que sofreu do zagueiro Zhirkov. Dois minutos depois, ele iniciou a jogada para Youri Tielemans, meia de 21 anos, do Leicester, emprestado ao Mônaco, fazer o segundo gol aos 44. A seleção da Bélgica fez um primeiro tempo de altíssimo nível técnico, precisa na marcação e nos ataques.

FALHA INCRÍVEL – Vai rodar o mundo a falha incrível do goleiro Courtois, de 26 anos, 1,99m, do Real Madrid, aos 15 do segundo tempo. Ele tentou sair jogando com os pés e perdeu o domínio da bola, recuperada pelo atacante Cheryshev, que fez o gol da Rússia. A Bélgica não se assustou e continuou dominando, até que o dono do jogo, Eden Hazard, aos 42, fizesse o terceiro gol e confirmasse a vitória em que foi a principal figura.

DOIS BRASILEIROS – Bélgica 3 x 1 Rússia, diante de 40 mil torcedores no estádio Rei Balduíno, em Bruxelas, a capital belga, teve dois brasileiros: o lateral paulista Mario Fernandes, de 28 anos, do CSKA Moscou e titular da seleção na Copa 2018, e o goleiro mineiro de Cataguazes, Guilherme Alvim Marinato, de 28 anos, 1,95m, desde 2007 no Lokomotiv Moscou. Guilherme voltou à seleção depois de ter sido dispensado dias antes da Copa do Mundo de 2018.

QUARTO ANO – Terceira colocada na Copa do Mundo de 2018, a seleção da Bélgica está em seu quarto ano sob o comando do técnico espanhol Roberto Martinez, de 45 anos. Antes, ele só havia dirigido times ingleses, com destaque para as campanhas de 2013 a 2016 do Everton FC, de Liverpool, o que motivou o interesse da Federação belga. Martinez está seguindo o trabalho que levou a Bélgica à sua melhor colocação em Copas, após eliminar o Brasil (2 x 1) nas quartas de final.

NO GRUPO 1 das eliminatórias da Eurocopa 2020 a Bélgica deve terminar em primeiro lugar. A segunda vaga será disputada pela Escócia e Rússia. As demais seleções – Cazaquistão, San Marino e Chipre – não passam de figurantes. A Bélgica é a grande atração no Chipre, terceira maior ilha do Mediterrâneo, onde jogará domingo (24) com a seleção do Chipre, diante de 23 mil torcedores, lotação máxima do estádio GSP, na capital Nicósia. O estádio está em seu ano 20, inaugurado em 6 de outubro de 1999.

COPA AMÉRICA – Iniciando a preparação para a Copa América de junho e julho no Brasil, a seleção do Equador perdeu para os Estados Unidos (1 x 0), diante de 20 mil torcedores, na noite de ontem (21), no Orlando City Stadium, onde em janeiro o Flamengo ganhou o torneio da Flórida. O gol foi do atacante Gyasi Zardes, de 21 anos, que joga no Columbus Crew. O Equador jogará terça (26) com a seleção de Honduras, e na mesma noite os Estados Unidos jogarão com o Chile, atual bicampeão da Copa América.