O Ceará ganhou fôlego com os 2 x 0 da noite de ontem (7) sobre o Internacional, na Arena Castelão, em Fortaleza, e subiu três posições, terminando a rodada 31 em décimo terceiro, com 36 pontos, após a décima vitória, que lhe valeu também passar a ter saldo de um gol (32 a 31). R$198.081,00. 19.966 pagantes.

EMOÇÃO – O meia Tiago Galhardo sentiu forte emoção ao voltar a fazer gol, aos 42 do primeiro tempo, completando de cabeça o cruzamento do lateral Samuel Xavier. Ele não marcava desde 29 de setembro, na virada (2 x 1) que o Ceará sofreu do Atlético Mineiro, no turno. O gol foi de pênalti, aos 43 do primeiro tempo, no estádio Independência.

OUTRO 42 – O Inter tentou a reação no segundo tempo, mas o Ceará se fechou bem, saindo nos contra-ataques. Por coincidência, o segundo gol também foi no minuto 42, marcado pelo meia Mateus Gonçalves, que substituiu Tiago Galhardo. Ceará e Fortaleza estão iguais em vitórias (10), empates (6) e derrotas (15). No saldo de gols, Ceará tem 1 e o Fortaleza menos seis (38 x 44).

VALORIZADO – O maior clássico cearense e um dos mais importantes do Nordeste ganhou supervalorização no próximo domingo (10), possivelmente com todos os 63.093 ingressos da Arena Castelão esgotados. O vencedor ficará ainda mais distante do rebaixamento, embora os dois times devam se manter na Série A em 2020.

CEARÁ – Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Luis Otávio (Eduardo Brock, 45 do segundo tempo) e João Lucas; William (Pedro Ken, 12 do primeiro tempo), Fabinho, Ricardinho e Tiago Galhardo (Mateus Gonçalves, 14 do segundo tempo); Felipe Baxola e Bergson. Técnico – Adilson Batista. Foi o terceiro 2 x 0 da rodada, segundo placar mais registrado no Brasileirão 2019, em 41 jogos.

INTERNACIONAL – Danilo Fernandes, Heitor, Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Uendel; Lindoso, Bruno Silva (Guilherme Parede, 25 do segundo tempo) e D’Alessandro; Pottker (Wellington Silva, 14 do segundo tempo), Guerrero (Rafael Sóbis, 37 do segundo tempo) e Patrick. Técnico – Zé Ricardo. Décima primeira derrota, mas o time manteve o oitavo lugar com 46 pontos, e o próximo jogo é com o Fluminense, domingo (10), na Arena Beira Rio.

SUSPENSOS – O árbitro Wilton Sampaio, da Federação Goiana e da FIFA, advertiu quatro com cartão amarelo: os dois do Ceará, Pedro Ken e Bergson, ficam fora do próximo jogo. Os dois do Inter foram o argentino D’Alessandro e Patrick, que voltaram a não ter boa atuação, na segunda derrota consecutiva (o Inter havia perdido o Grenal).

Foto: Terra