A três semanas de se enfrentarem na terceira final inglesa da Liga dos Campeões, o Manchester City levou a virada de 2 x 1 do Chelsea, ontem (8), em seu Etihad Stadium, em sua quinta derrota, faltando só três rodadas para o término da Premier League. O City fez 1 x 0 aos 44 minutos, gol de Sterling, com assistência de Gabriel Jesus, que sofreu pênalti aos 46, mas Sergio Aguero perdeu ao tentar a cavadinha. No segundo tempo, Ziyech empatou aos 18, e Marcos Alonso fez o gol da virada aos 46 minutos.

13 PONTOS – O Manchester City mantém 13 pontos de vantagem (80 a 67) sobre o Manchester United, que joga hoje (9) com o Aston Villa, mas é o virtual campeão da temporada 2020-2021. O Chelsea é terceiro com 64 pontos, só perdeu 2 dos 21 jogos e sofreu 11 gols, mantendo-se invicto como visitante com 9 vitórias e 3 empates, desde que o técnico alemão Thomas Tuchel assumiu. Em 2019-2020, o Chelsea impediu o tricampeonato do Manchester City, ao vencê-lo por 2 x 1, e o título ficou com o Liverpool. 

EDERSON (goleiro brasileiro sem culpa nos gols), Ruben Dias, Laporte e Aké; João Cancelo, Rodri, Ferran (Gundogan), Sterling e Benjamin Mendy (Zinchenko); Gabriel Jesus e Sergio Aguero (Phil Foden) – o Manchester City, do técnico Josep Guardiola, que levou a virada. Os próximos jogos serão como visitante, sexta (14), com o Newcastle, e quarta (19) com o Brighton. 

ÉDOUARD MENDY (primeiro goleiro negro da história do Chelsea), Azpílicueta, Christensen (Zouma) e Rudiger; James, Billy Gilmour (revelação escocesa de 19 anos), Kanté (Jorginho) e Marcos Alonso; Pulisic, Timo Werner e Ziyech (Hudson-Odoi) – o time do técnico Thomas Tuchel, que fará os dois próximos jogos em seu Stamford Bridge, em Londres, quarta (12) com o Arsenal, e sábado (15) com o Leicester.

DOIS CARTÕES – O árbitro inglês Anthony Taylor, de 42 anos, desde 2013 na Fifa, só fez duas advertências com cartão amarelo: a Sterling, por falta dura em Timo Werner aos 12 minutos do primeiro tempo, e a Gabriel Jesus, por falta dura em Pulisic aos 44 do segundo tempo. O jogo só teve nove faltas, três do Chelsea.

Foto: Site oficial do Bayern