Escolha uma Página

O ATACANTE COLOMBIANO HUGO RODALLEGA, de 36 anos, 1,80m, tornou-se o primeiro da Série A do Campeonato Brasileiro de 2021 a marcar quatro gols em um jogo, na vitória do Bahia sobre o Fortaleza por 4 x 2, na noite de ontem (4), no estádio de Pituaçu, região metropolitana de Salvador, pela décima nona e última rodada do turno. O presidente do Bahia, que não vencia há oito jogos, sentiu-se mal após o terceiro gol e foi atendido na ambulância do estádio.

HUGO RODALLEGA chegou ao Bahia em julho, após seis temporadas no Trabzonspor, da Turquia, time em que mais fez gol na carreira – 35 em 80 jogos -, iniciada em 2005, campeão colombiano no Deportivo Cali e sul-americano na seleção sub-20. Ele jogou três temporadas no México pelo Monterrey, Atlas e Necaxa, e sete na Inglaterra pelo Wigan e Fulham. Em seu segundo jogo, o técnico argentino Diego Dabove deixou Gilberto, artilheiro do time, o tempo todo na reserva.

PÊNALTI NA TRAVE – Quando ainda estava 0 x 0, o meia Rodriguinho perdeu um pênalti, ao acertar a trave esquerda, mas aos 41 minutos, Hugo Rodallega marcou o primeiro gol. Na volta do intervalo, ele fez dois gols em dois minutos, aos 18 e aos 20, quando o presidente Guilherme Bellintani, de 44 anos, sentiu-se mal e desceu para ser atendido na ambulância do estádio, onde ficou 15 minutos, e viu o restante do jogo, sentado perto da bandeirinha de escanteio.

REAÇÃO RÁPIDA – Dirigido pelo técnico argentino Juan Pablo Vojvoda, o Fortaleza não se abateu com os 3 x 0, e teve reação rápida, com dois gols em quatro minutos. Pikachu, ex-Vasco, aos 24, e Mateus Vargas, aos 28, mas o Bahia também deu resposta imediata, com o quarto gol de Hugo Rodallega, aos 30. Depois de oito jogos, o Bahia voltou a vencer e subiu para o décimo quinto lugar com 21 pontos. Foi a quarta derrota do Fortaleza, terceiro com 33 pontos.

CUIABÁ SOBE – Dirigido por Jorginho, lateral campeão do mundo em 94, o Cuiabá subiu seis posições e terminou o turno em nono, com 24 pontos, ao vencer o Santos por 2 x 1, na noite de ontem (4), na Arena Pantanal, na capital do Mato Grosso. Jonathan fez 1 x 0 de fora da área, aos 4 minutos, e Gabriel Pirani, de cabeça, empatou aos 18 do segundo tempo. Aos 43, Elton marcou de cabeça o gol da quinta vitória, após o time vencer fora de casa Palmeiras e Fortaleza.

PRESSÃO FORTE – Com a segunda derrota consecutiva, após a goleada (4 x 0) que sofreu na Vila Belmiro para o Flamengo, o Santos completou cinco jogos sem vencer e caiu para o décimo terceiro lugar com 22 pontos. A pressão é cada vez mais forte sobre o técnico Fernando Diniz porque o time tem mais derrotas e empates (7) do que vitórias (5), além do saldo negativo de cinco gols: marcou 20, sofreu 25. 

FURACÃO EM CASA – Hoje (5), depois de Brasil x Argentina, o Athletico Paranaense, décimo com 23 pontos, tenta a oitava vitória, ao receber o Sport, penúltimo com 16 pontos, na Arena da Baixada, em Curitiba. No feriado de terça (7), o Corinthians, sexto com 27 pontos, joga em casa pela oitava vitória com o Juventude, décimo quarto com 22 pontos. E o Fluminense, décimo segundo com 22 pontos, tenta a sexta vitória no jogo com a Chapecoense, lanterna com 7 pontos e com mais derrotas (11), além de ter a defesa mais vazada (29) e o terceiro pior ataque (14).

Foto: Torcedores