Setembro começa com uma pergunta que poucos são capazes de acertar na resposta: como será La Liga, o Campeonato Espanhol 2020-2021, sem Messi? A tabela completa foi divulgada ontem (31), com 20 equipes, 38 rodadas, de 12 de setembro de 2020 a 23 de maio de 2021, turno e returno, pontos corridos, e com os três critérios definidos, se dois times terminarem iguais em pontos: 1 – confronto direto. 2 – saldo de gols. 3 – gols marcados.

RECORDISTA – Lionel Andrés Messi Cuccittini, argentino, 33 anos, nascido em Rosário, em 24 de junho de 1987, 1,70m, canhoto, estreou em 2004 no Barcelona, ganhando a primeira Bola de Ouro, após a conquista da primeira tríplice coroa do clube na história do futebol espanhol. Desde então, 34 títulos e vários recordes, entre eles o de sete vezes artilheiro do campeonato, com três gols em um só jogo em 36 jogos,e três gols em um só jogo, em oito jogos da Liga dos Campeões, nos últimos 10 anos.

ABSOLUTO – Messi conseguiu superar o que parecia impossível, o recorde de Telmo Zarra, seis vezes artilheiro do campeonato, entre 44-45 e 52-53, com a única camisa que usou na carreira, a do Atlético de Bilbao. Messi foi sete vezes artilheiro, com 34 gols em 2009-10, e estabeleceu em 2010-11 o recorde absoluto de 50 gols! Em 2012-13, fez 46 gols. E em suas quatro últimas temporadas, artilheiro em 2016-17, com 37 gols. 2017-18, com 34. 2018-19, com 36, e em 2019-20, com 25 dos 86 gols do time.

OS TÍTULOS – Como figura exponencial da equipe, Messi ganhou 10 vezes o Campeonato Espanhol. Foi quatro vezes vencedor do maior torneio de clubes do mundo, a Liga dos Campeões da Europa. Ganhou três vezes o Mundial de clubes da FIFA. Recordista da Bola de Ouro de melhor jogador do mundo, prêmio que ganhou seis vezes (quatro consecutivas). Melhor jogador e principal artilheiro da história de 120 anos do FC Barcelona, com 634 gols em 731 jogos, entre 2004 e 2020.

POUCOS SABEM – Ainda criança, em Rosário, a mais importante cidade portuária argentina, a 300 km da capital Buenos Aires, Messi foi diagnosticado com uma deficiência de hormônio do crescimento. Quando tinha 13 anos foi levado pelo pai, Jorge, para Barcelona, onde o clube assumiu todo o tratamento. O garoto que iniciou na escolinha de futsal do Newell’s Old Boys, em sua cidade, deu sequência ao trabalho de base, passando depois pelo Barcelona C e B, antes de estrear na Série A.

INDEFINIÇÃO – Messi decidiu e mantém posição firme de não jogar mais no Barcelona. Não se apresentou domingo (30) para os testes de avaliação fisica, após as férias, nem ontem (31) para o primeiro dia de treino do técnico holandês Ronald Koeman. A Real Federação Espanhola de Futebol deu razão ao clube, de que o contrato só termina em junho de 2021, e informou em comunicado oficial, que só libera Messi com o pagamento da multa de 700 milhões de euros. O pai do jogador chega hoje (1) a Barcelona e tenta acerto com o presidente.

BARCELONA x REAL MADRID – Os quatro times mais importantes do Campeonato Espanhol serão mandantes na rodada de abertura: Real Madrid x Getafe, Barcelona x Elche, Atletico de Madrid x Sevilha, Valencia x Levante. São 38 rodadas e o tão aguardado Barcelona x Real Madrid será disputado no turno, em 25 de outubro de 2020, no Camp Nou, em Barcelona, e no returno, em 14 de abril de 2021, no estádio Santiago Bernabeu, em Madrid. 

Imagem: Marca