O pior e o melhor, na abertura da rodada 24 do Brasileiro 2019, na noite de hoje (9), no estádio Nilton Santos: o Botafogo tenta voltar a vencer, após quatro derrotas seguidas, e o Goiás, único 100% no returno, quer a quinta vitória consecutiva, se possível sem sofrer gol, como nas duas em casa e nas duas como visitante.

MUITO RUIM – Assim é a campanha do Botafogo, décimo segundo com 27 pontos – 8 vitórias, 3 empates, 12 derrotas e saldo negativo de 6 gols: 19 a 25. Só perdeu menos que os dois últimos: Avaí (13), Chapecoense (14). Terminou o turno 0 x 0 com o Ceará, e no returno perdeu 2 x 1 São Paulo, 2 x 0 Bahia, 1 x 0 Fortaleza e Fluminense. 

EXCELENTE – Assim é a reação do Goiás no returno – 3 x 0 no Fluminense e 1 x 0 no São Paulo, Cruzeiro e Ceará -, depois de ter tido a defesa mais vazada (32) no turno, por conta dos 6 x 1 que levou do Flamengo e do Santos. Ainda tem saldo negativo de nove gols – 23 a 32 -, mas subiu e é décimo com 33 pontos: 10 vitórias, 3 empates, 10 derrotas.

EXPECTATIVA – A torcida do Botafogo vive a expectativa do início da reação do time, que ganhou pela última vez – 2 x 1 no Atlético Mineiro -, no dia 8 de setembro, na décima oitava rodada. Três dias depois de demitir o técnico Eduardo Barroca, que os jogadores ainda tentaram manter, o time terá hoje (9) a direção do interino Bruno Amorim Lazaroni. 

CRUZEIRO x FLUMINENSE

A situação do Cruzeiro é tão complicada, que mesmo vencendo hoje (9), no Mineirão, ainda não sairá do rebaixamento: ficaria igual em pontos (23) ao Ceará, que tem uma vitória a mais. O Fluminense, com 25, pode até subir três posições, se vencer, desde que o Fortaleza (25) e o Vasco (27) não vençam, e o Botafogo (27) perca.

A TERCEIRA – Depois de 23 rodadas, o Fluminense conseguiu ganhar duas consecutivas – 2 x 1 no Grêmio e 1 x 0 no Botafogo – e na noite de hoje (9) tenta a terceira, que seria apenas a quarta como visitante. No terceiro jogo, após ser efetivado, Marcão não terá Caio Henrique e Allan, na seleção olímpica, e Digão, emprestado pelo Cruzeiro.

SEIS JOGOS – O Cruzeiro não sabe o que é vencer há seis jogos: 1 x 1 Inter, 0 x 1 Goiás, 0 x 0 Ceará, 1 x 2 Flamengo, 0 x 1 Palmeiras, 1 x 4 Grêmio. A última vitória, 1 x 0 no Vasco, foi dia 1 de setembro, na rodada 17. No reencontro com o Fluminense, o técnico Abel Braga não terá o meia Tiago Neves, suspenso. Bom dizer: no turno, Fluminense 4 x 1 Cruzeiro.

Foto: Divulgação