ATHLETICO PARANAENSE E FLAMENGO farão jogo decisivo pelo 4º ano consecutivo na Copa do Brasil, na noite de hoje (17), na Arena da Baixada, em Curitiba. Após 0 x 0 no Maracanã, outro empate, com qualquer placar, leva a decisão aos pênaltis, e o vencedor, além da vaga nas semifinais, também ganhará R$8 milhões.

O FLAMENGO foi eliminado nas quartas de final de 2019, depois de 1 x 1 em Curitiba e no Maracanã, onde perdeu nos pênaltis por 3 x 1. Em 2020, o Flamengo eliminou o Atlético nas oitavas de final, com 1 x 0 em Curitiba e 3 x 2 no Maracanã, e em 2021, o Athletico eliminou o Flamengo na semifinal, com 2 x 2 em Curitiba e 3 x 0 no Maracanã.  

NOS ÚLTIMOS QUATRO JOGOS, na Arena da Baixada, dois empates e duas vitórias do Athletico, a mais recente no turno do Campeonato Brasileiro de 2022 por 1 x 0, gol de pênalti, cometido pelo lateral chileno Mauricio Isla e convertido pelo meia uruguaio David Terans. No retrospecto geral de 72 jogos, 28 vitórias do Flamengo, 26 do Athletico e a predominância de 18 empates.

O FLAMENGO NÃO TERÁ o zagueiro David Luiz, suspenso pela expulsão no jogo de ida no Maracanã, e o meia Tiago Maia, pelo terceiro cartão amarelo, mas poderá escalar Gabriel e Arrascaeta, absolvidos ontem (16), pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que antecipou o julgamento marcado para hoje (17), dia do jogo.

O ATHLETICO NÃO PODE ESCALAR o atacante Vitor Roque e o lateral Orejuela, que já disputaram a Copa do Brasil de 2022 por outras equipes. Depois de apresentar denúncia contra Gabriel e Arrascaeta, por faltas violentas no jogo de ida, o Athletico reagiu revoltado à absolvição dos dois jogadores do Flamengo.

O FLAMENGO INICIA amanhã (18), a venda de ingressos para o jogo de volta das semifinais da Libertadores com o Velez, dia 7 de setembro, no Maracanã. O jogo de ida será dia 31, no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires. O Botafogo x Flamengo remarcado de 27 para 28, no estádio Nilton Santos, passou das 11 para as 18 horas.

Foto: Bolavip