O zero a zero da noite deste último sábado (26) de outubro, na Arena Corinthians, deixou o Santos a 12 pontos do Flamengo, que pode ampliar a vantagem no jogo deste domingo (27) com o CSA, no Maracanã. Foi o quarto 0 x 0 do Corinthians, o que mais empatou (12), e também o quarto 0 x 0 do Santos, terceiro como visitante. Vigésimo sétimo 0 x 0 do Brasileirão 2019.

UMA POSIÇÃO – O Corinthians perdeu uma posição e terminou a rodada em sexto, igual em pontos (45) ao Internacional, que tem mais duas vitórias (13 a 11), após vencer (3 x 2) o Bahia, em Salvador. Na boa estreia do técnico carioca Zé Ricardo, o vice-campeão gaúcho subiu para o quinto lugar, a um ponto do São Paulo, último do G-4, com 46.

BAIXO NÍVEL – Corinthians e Santos estiveram longe de repetir os grandes espetáculos que já ofereceram ao torcedor paulista. O jogo foi de baixo nível técnico e raras as chances de gol que os times criaram. Os goleiros só apareceram no segundo tempo, quando Cassio fez duas defesas em chutes de Marinho, e Everson defendeu boa finalização de Vagner Love.

CORINTHIANS – Cassio, Michel, Manoel, Gil e Avelar; Ralf, Júnior Urso (Sornoza, 27 do segundo tempo), Pedrinho e Mateus Vital (Janderson, 29 do segundo tempo); Mauro Boselli (Gustavo, 37 do segundo tempo) e Vagner Love. Com a suspensão do técnico Fabio Carille, o time foi orientado na área técnica pelo assistente Leandro Cuca. O CSA é o próximo adversário, quarta (30), no estádio Rei Pelé, em Maceió.

SANTOS – Everson, Pará, Gustavo Henrique, Luis Felipe e Jorge; Diego Pituca (Jobson, 11 do segundo tempo), Jean Mota e Evandro; Soteldo (Felipe Jonatan, 33 do segundo tempo), Sasha e Tailson (Marinho, 13 do segundo tempo). Técnico – Jorge Sampaoli. O próximo jogo é com o Bahia, quinta (31), na Vila Belmiro.

QUATRO CARTÕES – O único advertido do Santos foi o meia Jobson. Os três do Corinthians, Gil, Avelar e o argentino Mauro Boselli, fora do próximo jogo com o CSA. O árbitro Luiz Flavio Oliveira, da Federação Paulista e da FIFA, deveria ter aplicado cartão amarelo no zagueiro Manoel, por entrada dura de carrinho em Jorge, aos três minutos. R$1.518.582,30. 32.142 pagantes na Arena Corinthians.

OS TÉCNICOS – Fabio Carille volta a ser questionado no Corinthians, ao completar o sexto jogo sem vitória: duas derrotas e o quarto empate. A pressão deve aumentar após o time cair uma posição e terminar a rodada em sexto lugar. Foi o trigésimo segundo jogo na Arena Corinthians, em 2019, com 17 vitórias, 4 derrotas e o décimo segundo empate.

Jorge Sampaoli ainda não conseguiu a primeira vitória como visitante em clássico.Na Vila Belmiro, 4 vitórias, 4 derrotas, 3 empates do técnico argentino do Santos nos clássicos. Foi seu jogo 55 em 2019: 28 vitórias, 13 derrotas e o décimo quarto empate, com 81 gols marcados e 49 sofridos.

Foto: Fox Sports