Na estreia do técnico Vagner Mancini, o Corinthians saiu do rebaixamento aos 50 minutos do segundo tempo, quando o atacante Everaldo marcou, por entre as pernas do goleiro Jandrei, o único gol do jogo com o Athletico Paranaense, na noite de ontem (14), na Arena da Baixada, em Curitiba. O Corinthians estava décimo sétimo e foi para o décimo quarto lugar, com 18 pontos em 16 jogos, após a quarta vitória, mas ainda com saldo negativo de dois gols (16 a 18).

EXPULSÃO – Com a pressão do Athletico aumentando desde o início do segundo tempo, o estreante Vagner Mancini viveu momentos de muita apreensão na área técnica, após a expulsão do zagueiro uruguaio Bruno Mendez, que deu um soco no atacante Renato Kayzer, depois de um lance forte de bola dividida. O árbitro Savio Sampaio, da Federação Brasiliense, aplicou direto o cartão vermelho, aos 30 do segundo tempo, aumentando ainda mais a tensão do time e do técnico do Corinthians.

MELHOROU – Os analistas da comissão técnica comentaram ao final que o time melhorou, não só de rendimento, mas de postura, principalmente na marcação e na saída rápida da defesa para o ataque. O Corinthians não vencia há quatro jogos – 0 x 1 com o Sport, 0 x 0 com o Bragantino, 1 x 1 com o Santos e 1 x 2 com o Ceará, no último domingo (11) -, o que levou o presidente Andrés Sanchez a contratar Vagner Mancini, que tirou do Atlético Goianiense.

EXPECTATIVA – Mesmo como apenas dois dias para fazer novos ajustes na equipe, o técnico não esconde a expectativa pelo próximo jogo, na Arena Corinthians, com o Flamengo, que Vagner Mancini considera ter o melhor elenco do futebol brasileiro. Ele não só vai assistir Flamengo x Bragantino, hoje (15), como também pediu aos jogadores que acompanhem com olhar de bons observadores. O goleiro Cassio, que cumpriu suspensão, deve reaparecer.

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians